Conecte-se conosco

Piracicaba e região

Hemonúcleo de Piracicaba passa por dificuldades e luta para manter estoque

.

Rafael Fioravanti

Published

em

O Hemonúcleo Piracicaba (em parceria com a Prefeitura e Associação Eu Tô na Fé) começa nesta segunda-feira (23) a campanha regional de doação de sangue. Com um slogan simples — “Doe Sangue, Faça o Bem Sem Olhar a Quem” — o objetivo desta campanha é garantir o equilíbrio do estoque regulador.

Os interessados em participar devem comparecer na Santa Casa, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13 horas. No sábado (28), último dia da campanha, os interessados devem comparecer das 07h30 às 12 horas.

Nesses períodos, os hemonúcleos passam por grande dificuldade. E com isso, lidamos com o risco de faltar sangue em casos de maior demanda. Mensalmente, o Hemonúcleo Piracicaba recebe cerca de 1000 a 1200 doadores, o que rende o equivalente a 35/40 bolsas diárias. O ideal para abastecer toda a região seria uma média de 60 a 80 doadores por dia, uma vez que o consumo médio é de 70 bolsas diárias. Percebem o problema?

De acordo com Kelly Cristina Borges, assistente social do Hemonúcleo Piracicaba, o estoque lida diariamente com constantes mudanças, tudo depende exclusivamente da demanda. “[O estoque] depende do número de cirurgias, acidentes e intercorrências que necessitam de transfusões e que nem sempre podem ser previstas”, afirma. Ela ainda alerta. “O concentrado de plaquetas, por exemplo, dura apenas 5 dias e, desta forma, dependendo da demanda, em apenas alguns dias podemos ter uma situação preocupante caso as doações não acompanhem a distribuição. Por esse motivo, as doações precisam ocorrer de forma regular e não somente em períodos emergenciais”.

Doar sangue é um gesto rápido e deveras poderoso. Hoje você doa; amanhã é você quem pode precisar dele. “A doação de sangue deve ser encarada como um compromisso social, tornando-se um hábito. As ações voltadas para estimular as doações de sangue devem ser realizadas sempre em direção a essa meta, visualizando este ato como parte de uma cultura”, finaliza Kelly.

O Hemonúcleo Piracicaba está à disposição para sanar quaisquer dúvidas. Basta entrar em contato pelo telefone (19) 3422-2019.

Foto: Carol Garcia / SECOM

Mais PIRANOT e PORJUCA para você:

>>> Receba alertas de notícias na tela do seu celular. Instale o app do PIRANOT clicando aqui.
>>> Envie informações e reclamações do seu bairro/cidade. No grupo de interação do PIRANOT / PORJUCA você tem voz. Clique aqui e acesse.
>>> Continue lendo as notícias de Piracicaba acessando, diariamente, o www.piranot.com
>>> Leia o nosso conteúdo nacional acessando nosso novo projeto, o PORJUCA. O endereço é www.porjuca.com
>>> Assista aos vídeos das nossas reportagens no Youtube: clicando aqui.
>>> Nós estamos no Twitter. Clique aqui e nos siga! (@piranot_porjuca)

Rafael é formado em jornalismo pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

Advertisement

MAIS LIDAS

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.