Homem é espancado por ser 'homossexual' em Piracicaba

Homem é espancado por ser ‘homossexual’ em Piracicaba

.

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Um porteiro de 49 anos foi agredido e humilhado por um vizinho na tarde de ontem (06), em Piracicaba. O motivo é que ele é homossexual.

Segundo boletim de ocorrência, o agressor abordou a vítima por volta das 16h30 no condomínio onde residem na Estrada Wladir Ducatti, região de Ártemis, e questionou ela sobre a sua falta de ‘masculinidade’. Assumido como homossexual, o porteiro passou a ser agredido com socos no rosto e chutes nas nádegas, além de ser enforcada.

Ainda segundo o boletim, não satisfeito, o vizinho teria usado uma cadeira para bater nas costas do porteiro e quebrou, arremessando ao chão, o seu celular.

A vítima foi orientada a procurar ajuda no 05° Distrito Policial, de Santa Terezinha, para resolver o caso. Enquanto isso, o agressor está em liberdade e não foi nem citado no boletim de ocorrência.

No Brasil, a cada 25 horas, uma pessoa é morta por crime de homofobia. O dado alarmante e merece atenção.

MAIS CRIMES EM PIRACICABA – Mais cedo noticiamos que um jovem de 25 anos é suspeito de abusar sexualmente do irmão, de sete anos. Noticiamos também o encontro de um cadáver em decomposição no centro, que a Câmara investigará denúncia de desvio de dinheiro na mesma cidade e outras.

Quer ler elas também? Acesse www.piranot.com.br. Aproveite para instalar nosso aplicativo e receba uma viso na tela do seu celular quando tivermos uma notícia importante para você. Para isso, clique aqui.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também