65º Salão de Belas Artes será aberto hoje (04), em Piracicaba

65º Salão de Belas Artes será aberto hoje (04), em Piracicaba

.

R. Donizette, Simplesmente Fé – Foto: Divulgação

O 65º Salão de Belas Artes de Piracicaba (SBA) será aberto hoje (04), às 20h, na Pinacoteca Municipal Miguel Dutra. A mostra, realizada pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo (SemacTur) e Pinacoteca, comemora os 250 anos da cidade. Este ano, 316 obras foram inscritas e 98 selecionadas.

Os trabalhos vieram dos Estados de São Paulo, Pernambuco, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. De acordo com a secretária da SemacTur, Rosângela Camolese, o número de obras inscritas mostra que o SBA é um salão tradicional e muito prestigiado. “Piracicaba, que acaba de completar 250 anos, é referência em diversas áreas, como a industrial, a de serviços, a educacional, entre outras, e temos orgulho, também, de a cidade ser referência na área cultural. O SBA é uma prova disso. Espero que os piracicabanos e os turistas que nos visitam apreciem essa mostra”, ressalta Rosângela.

Para o diretor da Pinacoteca, Eduardo Borges de Araújo, selecionar obras em um Salão como o Belas Artes exige da Comissão de Seleção e Premiação rigor e imparcialidade. “Com um número expressivo de obras de alto nível inscritas de sete Estados brasileiros, tornou-se tarefa árdua e muitas considerações nas análises realizadas para chegar-se às conclusões que determinaram a aceitação das 98 que serão expostas”, observa. O júri foi formado por Luís Garcia Jorge, Márcio Alesandri, Osvaldo Piva, Renato Palmuti e Ronaldo Lopes de Lima.

Foram conferidos os prêmios aquisitivos Prefeitura Municipal de Piracicaba para Jesser Valsacchi (As Correntes da Escravidão Continuam as Mesmas), Dulcidio Fernandes (Curva do Rio), F. Silva (Ribeirão Quebra Anzol – 2), Gustavo Schossler (W. Blues man), Tiago gabriel (Sertanejo), Ari de Goes Jr. (Pela santa Efigência e Pátio Concreto), Paulo Tosta (Amélia La Niña), Marcos Sabadin (Um Olhar ao Tempo – Retrato de Samuel). O prêmio Aquisitivo Câmara de Vereadores foi conferido a Marcelo Araújo (Pescaria no Araquá-Mirim) e a Medalha Eugênio Losso a Benatti (Rancho do Dr. Lula). A Medalha de Ouro em óleo sobre tela ficou com Zaniboni (Antes da Apresentação), a de Prata foi para Bruno Passos (George Arias) e a de Bronze para Ernandes (Uma Casinha na Serra do Luar). Em desenho, recebeu medalha de prata Gustavo Schoessler (Filha do Vento e C). A medalha de Bronze em aquarela foi conferida a Daniel Favalli (Titânia Dormindo, Nick Botton Dormindo e Puck).

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também