Mulher se passa por funcionária da Emdhap para vender apartamentos em Piracicaba

Mulher se passa por funcionária da Emdhap para vender imóveis em Piracicaba

.

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

A EMDHAP (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba), através de nota, desmentiu ontem (12), que está vendendo ou leiloando imóveis do programa “Minha Casa, Minha Vida” e alertou a população sobre o golpe.

“Chegou ao conhecimento do Gabinete da Presidência que uma senhora, que atende pelo nome de Dinorá, moradora nas proximidades da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, está comercializando, ilegalmente, imóveis neste Município, se dizendo autorizada, para tanto, pela EMDHAP e pelo próprio Gabinete do Sr. Prefeito Municipal.”, diz o documento. “Esclarecemos que essa autorização jamais ocorreu e que tanto a EMDHAP quanto a Procuradoria Geral do Município estão tomando as medidas policiais cabíveis.”.

Desde abril de 2016, inúmeras pessoas têm entrado em contato com a autarquia para tirar dúvidas sobre venda direta de imóveis, alguns oriundos de leilão. “O Diretor Presidente esclarece que não há qualquer pessoa autorizada a realizar qualquer tipo de venda de imóveis, bem como não há leilão de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. A EMDHAP esclarece ainda que, não cobra ou recebe qualquer valor de forma direta. Todos os valores devidos de mutuários são por meio de boleto bancário”, alertou.

A EMDHAP disse ainda que “não tem qualquer funcionária com o nome de Dinorá” e que, conforme denúncia supra mencionada, ela estaria efetuando ilegalmente essas vendas.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também