Jovem procura a polícia após ser ameaçado de morte pelo irmão em Piracicaba

Jovem procura a polícia após ser ameaçado de morte pelo irmão em Piracicaba

.

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

Um maquiador de 21 anos procurou a polícia em Piracicaba para denunciar agressões e ameaças de morte que vem recebendo do irmão, um entregador de 18 anos. O motivo seria o fato da vítima ser homossexual.

Segundo boletim de ocorrência, na data de ontem (12), o irmão foi até a casa onde o maquiador mora com os pais e chamou-o de “viado” e “puto”, além de dizer que mataria ele.

O entregador trabalha com o pai, ao lado da casa da família. Essa não teria sido a primeira vez que ele ameaçou matar o irmão. E outra oportunidade, a vítima teria sido até agredida fisicamente, mas nunca registrou na polícia.

Levantamento realizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) mostram que um homossexual é morto no Brasil a cada 25 horas por homofobia. O ano de 2016 foi o mais violento desde 1970 quando foram registradas 343 mortes. O Brasil é o campeão mundial de crimes contra as minorias sexuais.

Ainda segundo o levantamento, o estado de São Paulo é o mais violento para os homossexuais. No ano passado foram registrados 49 homicidios, o que da uma média de um por semana.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também