DIG prende dois homens acusados de matar mulher em Piracicaba

DIG prende dois homens acusados de matar mulher por vingança em Piracicaba

.

Foto: Facebook

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Piracicaba prendeu ontem (25), dois homens acusados de matar uma mulher no distrito de Santa Terezinha, zona norte da cidade. Ela foi agredida e jogada viva no rio Corumbataí.

De acordo com a equipe A de homicídios, dos investigadores Nivaldo e Anselmo, a vítima Fabrícia dos Santos Moura mantinha um relacionamento com um dos criminosos e, pouco antes de ser morta, havia roubado R$ 300 de uma oficina da família dele, o que gerou grante revolta entre os parentes.

O sumiço da mulher ocorreu no dia 07 de abril e, ainda segundo a equipe, se deu quando a dupla avistou ela próximo do terminal da Vila Sônia. Eles estavam em busca de cerveja para um churrasco, por volta das 23 horas, mas ao enontrá-la decidiram se vingar do roubo.

A mulher foi agredida na rua, puxada pelo cabelo e jogada dentro do porta-malas de um Volkswagen Gol quadrado de cor cinza e levada até a ponte do rio Corumbataí, próximo de uma usina. Lá um dos criminosos perguntou para Fabiana se ela “sabia nadar ou voar” e jogou-a no manancial. O corpo só foi encontrado dia 14 de abril.

Ainda de acordo com a equipe de homicídios, haviam diversas linhas de investigação para este caso, mas ao tomarem conhecimento sobre o sequestro, os investigadores conseguiram localizar o dono do carro. Ele foi chamado e contou aos investigadores que não estava mais com o veículo e que o mesmo pertencia agora ao seu irmão que, por sinal, tinha um relacionamento com a vítima. Esse segundo homem foi chamado e confessou que, com a ajuda de outro parente, matou Fabiana.

O terceiro suspeito foi localizado pela DIG e preso. Ele também confessou o crime e, dDiante dos fatos, a ficaram detidos no plantão policial de onde serão encaminhados para o presídio local.

O investigador Nivaldo contou para a reportagem que um dos homens estava revoltado pela data da prisão. “Ele se queixou que ontem era aniversário da sogra, que teria uma festa e que o presente dela seria a prisão dele”.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também