Corpo da adolescente morta e jogada no rio pelo cunhado ainda não foi encontrado

Corpo da adolescente morta e jogada no rio pelo cunhado ainda não foi encontrado

.

Foto: Facebook

As buscas pelo corpo da jovem Isabela Ferreira, de 17 anos, que foi estrangulada pelo cunhado em Itu (SP), no domingo (14), continuam, porém nada foi encontrado. Ontem (16), cerca de 30 pessoas, entre elas, amigos, o pai e irmãos da vítima se uniram para ajudar o Corpo de Bombeiros, mas nada foi achado.

O rapaz de 20 anos disse à polícia que tentou estuprar a adolescente e, como não conseguiu, a estrangulou e jogou o corpo no rio Tietê. A polícia informou que, horas após de ser preso, ele se enforcou com um cadarço na delegacia.

Segundo uma das irmãs da vítima, as pessoas dividiram-se em grupos para procurar pelo bairro Potiguara, como terrenos baldios e áreas de mato, e também nas proximidades do rio, onde o criminoso disse que jogou o corpo.

Os bombeiros trabalham com pontos de observação para quando o corpo vier à superfície e com barcos em um novo trecho do rio Tietê em Salto (SP), em direção a Itu, onde o crime aconteceu.

Equipes do canil da Guarda Municipal de Itu, com apoio da GM de Jundiaí (SP) e do Grupo de Buscas e Resgate de Araçoiaba da Serra (SP), também fizeram buscas. Foram percorridos cerca de 45 quilômetros em estradas de terra na região do bairro Potiguara, além de áreas de mato.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também