Morre o radialista Garcia aos 81 anos em Piracicaba

O radialista Domingos Roberto Garcia, de 81 anos, faleceu na noite deste domingo (30), horas após ser internado no Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba conforme informamos mais cedo. Seu estado de saúde era delicado.

Foto: Câmara Municipal de Vereadores de Piracicaba
Foto: Câmara Municipal de Vereadores de Piracicaba

A morte ocorreu por volta das 20 horas. A internação foi feita pela família a tarde. “Ele lutou há um tempo atrás contra um câncer, conseguiu superar, mas estava meio adoentado. Hoje ele acordou mais fraquinho e decidimos levar no hospital onde o médico internou para acompanhar e dar a medicação”, contou o genro.

Natural de São José do Rio Preto, Garcia falou diversas vezes do amor por Piracicaba e dizia que só deixaria a cidade rumo ao Cemitério Parque da Ressurreição. Ele virou um cidadão piracicabano em 2010 quando recebeu um título da Câmara Municipal de Vereadores.

Garcia trabalhou durante 34 anos no rádio. Em Piracicaba, se consagrou na programação da Difusora AM e da extinta Onda Livre AM, onde comandou o programa “Rancho do Garcia” até 2011, quando decidiu se aposentar e aproveitar a vida ao lado da família.

O radialista é lembrado até hoje pela frase “Garcia, fala as horas” veiculada diversas vezes durante seus programas que iam ao ar das 04 às 07 horas da manhã acordando a região com música e informação.

.

DESPEDIDA – O velório do radialista será realizado no salão nobre da Câmara Municipal de Vereadores de Piracicaba a partir da uma hora da manhã desta segunda-feira (31), após a liberação do corpo.

O sepultamento deverá ocorrer às 16 horas no Cemitério Parque da Ressurreição.

Os fãs podem comparecer para prestar homenagens.

Informar Erro
Leia também