UPAs de Piracicaba ficam superlotadas no meio da semana

UPAs de Piracicaba ficam superlotadas no meio da semana

Foto: Vanessa Beatriz / Você no Pira
Foto: Vanessa Beatriz / Você no Pira

A tarde e a noite desta quarta-feira (30), em Piracicaba, foi complicada para quem buscou atendimento nos prontos-socorros da cidade, em especial os da Vila Sônia e o do Piracicamirim. Procuramos a Secretaria de Saúde, mas oficialmente não tivemos retorno.

Começando pelo da Vila Sônia, recebemos fotos de corredores lotados e reclamações de pessoas dizendo que a espera estava chegando em três horas nesta unidade de saúde. À noite, recebemos outras queixas vindas também do Piracicamirim. Na ocasião, a leitora Vanessa Beatriz fez imagens e enviou ao “Você no Pira”. “A UPA aqui está lotada. Tem 30 fichas na minha frente ainda e no painel diz ter quatro médicos.”, contou.

A leitora chegou na UPA por volta das 18 horas. “Agora [20h17] chegou duas médicas e elas estão começando a chamar todo mundo. Meu filho está com pressão baixa, queimando de febre, vomitando e mesmo assim, demorou quase três horas para o atendimento evoluir”, disse.

O PIRANOT questionou a Secretaria da Saúde às 16h43 de ontem, mas até às 06 horas da manhã desta quinta-feira não obteve retorno por e-mail sobre as queixas referentes aos problemas relatados na UPA da Vila Sônia.

** Atualizado às 15h45. No texto anterior, colocamos a posição pessoal do assessor de imprensa da Secretaria de Saúde, postada em nossas redes sociais, erroneamente como resposta oficial da pasta. O mesmo alegou que não se posicionou oficialmente sobre a superlotação da UPA da Vila Sônia. 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também