Desde sábado, rio Piracicaba subiu um metro na Rua do Porto

Desde sábado, rio Piracicaba subiu um metro na Rua do Porto

Foto: Tiago Mello / Você no Pira
Foto: Tiago Mello / Você no Pira

As chuvas que caem em Piracicaba desde sábado vêm fazendo o nível e a vazão do rio Piracicaba subir, mas não há motivo para pânico, ele se encontra bem longe do estado de extravasamento. Por outro lado, não há previsão de quando a chuva vai parar na cidade e região.

Segundo dados do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), no sábado antes do temporal de 20 minutos que alagou diversas ruas de Piracicaba, o manancial registrava 1,74 metros de profundidade na Rua do Porto, próximo do Casarão do Turismo. Depois da chuva, ele atingiu um pico de 2,37 metros e voltou a cair chegando em 2,04 metros na noite do mesmo dia.

No domingo o rio voltou a reagir lentamente até a manhã desta terça-feira, 10h30, onde ele chegou a 2,71 metros de profundidade.

O que mais chama a atenção nesta alta é a da vazão do manancial. No domingo 12h40, por exemplo, ele tinha 117 mil m3/s e nesta manhã eram 207 mil m3/s.

Em Americana e Santa Bárbara d’Oeste onde passa o rio, ele, assim como em Piracicaba, segue em estado normal. O de atenção só é emitido quando o mesmo atinge na Rua do Porto mais de 3,2 metros de profundidade. O estado de extravasamento ocorre a partir de 4,7 metros. Antes deste sinal para a população são emitidos outros dois, o de alerta com 3,7 metros e o de emergência com 4,2 metros.

Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, o CPTEC, do Ministério da Ciência e Tecnologia do Governo Federal, não há previsão de quando a chuva vai parar em Piracicaba e nas cidades onde o rio passa antes. Todos os dias, até 25 de janeiro, há probabilidades acima de 80% de chuva, mesmo que isoladas.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também