Vigia é sequestrado após assalto à empresa e fica sete horas desaparecido

Vigia é sequestrado após assalto à empresa e fica sete horas desaparecido

Foto: Google Maps
Foto: Google Maps

Depois de seis meses, uma empresa de engenharia localizada no final da Rua Lázaro Gomes da Cruz, no bairro Noiva da Coluna, zona leste de Piracicaba, foi novamente roubada e o vigia sequestrado na fuga. Só neste mês, o PiraNOT.com noticiou mais de três casos de sequestros relâmpagos na cidade.

Segundo o BO (Boletim de Ocorrência), os criminosos chegaram na empresa por volta das 4 horas da manhã e arrombaram o portão. Dentro do pátio, um vigia também teria sido rendido. Oito computadores e dois carros foram levados e na fuga o vigia também.

O trabalhador foi encontrado por volta das 11 horas, sete horas após o crime, em um sítio na mesma região. Ele estava amarrado. Em abril, em outro assalto a mesma empresa, um outro trabalhador passou por uma situação idêntica. Na ocasião, a vítima foi encontrado em um canavial na área rural da cidade.

Enquanto a cidade precisa de mais policiais nas ruas e 100% dedicados ao patrulhamento e combate ao crime, a Prefeitura de Piracicaba, junto ao governo do estado, responsavél pela segurança pública, fecharam um acordo que dá uma nova função aos militares. Eles deverão também atuar como agentes de trânsito na aplicação de multas.

Os militares já podiam aplicar multas durante ocorrências policiais, mas agora, isso pode ser feito mais intensamente e fora das ocorrências.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também