54 pessoas foram estupradas na região nos três primeiros meses de 2015

54 pessoas foram estupradas na região nos três primeiros meses de 2015

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Piracicaba – SP registrou seis casos de estupro entre Janeiro e Março de 2015. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP), do estado de São Paulo. O número é o menor se comparado com cidades vizinhas como Rio Claro, Americana e Limeira.

Segundo os dados, em Janeiro a cidade não registrou nenhum caso, mas em Fevereiro duas vítimas procuraram a Polícia Civil para registrar Boletim de Ocorrência (BO), dessa natureza. Já em Março, mais quatro registraram.

Abaixo de Piracicaba aparece Sumaré – SP com cinco casos sendo dois registrados em Janeiro, a mesma quantidade se manteve em Fevereiro e em Março o número caiu para um.

Charqueada – SP também registrou um caso. Já acima de Piracicaba a lista é grande e começa por Americana – SP com 10 casos. Cinco deles aconteceram em Janeiro, três em Fevereiro e dois em Março.

Já em Rio Claro – SP, 12 casos foram registrados nas delegacias do município. Sete deles ocorreram em Janeiro, um em Fevereiro e quatro em Março.

Limeira – SP é a que mais tem casos do tipo. Ela aparece com 20 casos. O número é assustador. 10 dos casos foram registrados em Janeiro, dois em Fevereiro e oito em Março.

Santa Bárbara d’Oste – SP e São Pedro – SP não registraram nenhum caso.

Por tanto, em toda a área de cobertura do PiraNOT, 54 pessoas foram estrupradas só em 2015. Em 2014 no mesmo preíodo 33 pessoas foram vítimas desse crime.


EM 2014 – Segundo dados da SSP, Limeira dominou o número de estupros na região de Piracicaba nos primeiros três meses do ano passado quando registrou 17 casos. Três a menos que o mesmo periodo desse ano. Piracicaba teve quatro casos, Americana seis e Sumaré três.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também