Malabarista acusado de causar acidente que matou adolescente prestará depoimento

Malabarista acusado de causar acidente que matou adolescente prestará depoimento

Amigos lamentam morte pelas redes sociais - Foto: Reprodução / Facebook
Amigos lamentam morte pelas redes sociais –
Foto: Reprodução / Facebook

O malabarista que é acusado por populares de ser o causador do acidente que vitimou Luana Souza na última semana após um grave acidente de carro na Avenida Rio das Pedras deverá ser ouvido pela Polícia Civil entre hoje e amanhã (9). Ele, conforme noticiou o PiraNOT anteriormente, apanhou da população, foi internado em uma unidade de saúde, mas fugiu após receber ameaça de morte.

Além do malabarista, o dentista que dirigia a caminhonete também será ouvido. A ida deles a delegacia faz parte do processo de investigação que apontará as causas reais do acidente. Embora o malabarista seja apontado como o maior causador do acidente, ele não tem condições de ser indiciado pelo crime por não ter participado de maneira efetiva. Já o motorista responderá por homicídio doloso, quando não existe a intenção de matar.

Segundo populares, no dia do acidente o motorista descia a avenida quando na altura de um bar, pouco antes do supermercado Coop, um homem aparentemente bêbado entrou na frente de uma caminhonete que para desviar dele e salvar sua vida, jogou o carro na calçada onde atingiu Souza. A adolescente ia com a amiga comprar remédio. Ela ficou presa pelas pernas entre o para-choque do veículo e a parede da residência, foi socorrida, mas morreu no hospital.

O malabarista é um velho conhecido da comunidade. Ele foi, segundo moradores, diversas vezes repreendido pelas brincadeiras que fazia no local, mas mesmo assim continuou até provocar a tragédia.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também