Homem quebra parede e consegue fugir de penitenciária

Um mecânico de 55 anos conseguiu abrir um buraco na parede do Centro de Ressocialização de Sumaré e fugiu na madrugada de ontem (8).

Foto: Reprodução / Todo Dia
Foto: Reprodução / Todo Dia

Segundo o registro policial, o homem se chama Gerivaldo Braga Galvão e cumpria pena em regime semiaberto, o que facilitou a fuga uma vez que as celas ficam destrancadas e os presos podem circular livremente pelo local.

A fuga foi constatada no final do plantão, por volta das 6 horas da manhã, quando um agente penitenciário verificou que a parede de uma oficina abandonada havia sido quebrada e outra, de acesso à parte externa da unidade prisional, destruída.

Essa foi a segunda fuga do centro em cinco meses. As torres de vigilância armadas que poderiam evitar a ação estão desativadas.

Uma perícia foi feita no local e até o fechamento dessa nota o mecânico estava foragido.

Informar Erro
Leia também