Após protesto, polícia teme atentados a ônibus na Vila Sônia

Após protesto, polícia teme atentados a ônibus na Vila Sônia

Moradores do bairro Boa Esperança, na Zona Norte de Piracicaba, promoveram no meio da tarde dessa quinta-feira (11), um protesto depois do assassinato de um jovem de 17 anos durante a madrugada como informou mais cedo o PiraNOT.

Por causa dos protestos a polícia reforçou o policiamento nas ruas do bairro e no terminal da Vila Sônia. A Prefeitura de Piracicaba interrompeu parcialmente as linhas de ônibus que passam pelo bairro. Durante o ato, os moradores interditaram ruas, queimaram madeiras e pneus. Um jovem foi perseguido e preso pela Guarda Comunitária Municipal com um galão de gasolina que deveria ser usado para atear fogo em ônibus. Não se tem informações sobre feridos.

O jovem morreu ás 4 da manhã após ser levado á um terreno baldio do bairro e executado com quatro tiros. A Delegacia de Investigações Gerais, DIG, de Piracicaba está investigando o crime.

Segundo a polícia, o adolescente era um velho conhecido deles desde 2010 quando foi apreendido pela primeira vez. Desde lá, o jovem foi acumulando em seu currículo os crimes de roubo, tráfico de drogas, desobediência e desacato.

Não perca nenhuma notícia policial de Piracicaba. Acesse todos os dias o www.piranot.com, o mais completo site de notícias do segmento da cidade. É empresário? Anuncie aqui e venda mais.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também