Governo eleva o IOF para saque em moedas estrangeiras e Cartão pré-pago

Governo eleva o IOF para saque em moedas estrangeiras e Cartão pré-pago

O Ministério da Fazenda anunciou nesta sexta-feira (27) que será elevada de 0,38% para 6,38% a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente nos pagamentos em moeda estrangeira feitas com cartão de débito, saques em moeda estrangeira no exterior, compras de cheques de viagem (traveller checks) e carregamento de cartões pré-pagos com moeda estrangeira.

Com a medida, essas operações passam a ter a mesma tributação que hoje incide sobre os cartões de crédito internacionais.

Segundo o governo, o objetivo é evitar “que um meio de pagamento seja preterido por outros em decorrência de sua estrutura de tributação”. A medida passa a valer a partir desta sábado (28).

As compras de moeda estrangeira em espécie feitas no mercado de câmbio brasileiro não sofrerão alteração na sua tributação. Ou seja, seguem com alíquota de 0,38%.

Segundo a Fazenda, a medida resultará em uma arrecadação adicional estimada em R$ 552 milhões por ano.

ALGUNS FATOS DO QUE IRÁ OCORRER PARA AQUELES QUE INVESTEM LÁ FORA.

O governo volta a prejudicar os brasileiros que investem lá fora;

Como:

Pessoas que estavam aplicando dinheiro nos Estados Unidos no valor aproximado de  R$ 3.500 irá pagar a mais R$ 220,00 caso venham colocar dinheiro no seu pré pago (E-wallet). ou cartões pré pagos de outros empresas.

Para saques, nós iremos pagar também 6,38% de IOF.

Um aumento de 1.679%.

Mas creio eu que a justiça brasileira, não irá impedir dos brasileiros investirem lá fora, para tudo tem um jeito.

Mas isso é o Brasil que moramos e nascemos, prejudicando mais e mais aqueles que tentam ter alguma coisa na vida, sem depender de bolsas do governo, só para as pessoas ficarem na mão do governo.

A decisão estará nas nossas mãos em 2014 em outubro (…) temos que saber votar.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também