Portuguesa ainda acredita na vitória e irá contesta a punição

Portuguesa ainda acredita na vitória e irá contesta a punição

A Portuguesa fez uma manifestação oficial contra a decisão do pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Em sessão realizada na última sexta-feira, o tribunal ratificou decisão da comissão disciplinar e retirou quatro pontos da equipe rubro-verde, que com isso acabou rebaixada à segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O resultado motivou uma nota no site do time do Canindé.

“A Associação Portuguesa de Desportos vem a público afirmar que não está de acordo com a decisão tomada no pleno do STJD no julgamento que se iniciou na manhã de sexta-feira (27), e que buscará, dentro das esferas legais, recuperar o direito que conquistou em campo, que é jogar a Série A do Campeonato Brasileiro de 2014”, diz a nota oficial.

A punição do STJD deve-se à escalação irregular do meia Heverton, que entrou aos 32min do segundo tempo de um empate sem gols contra o Grêmio. O jogo foi válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

A igualdade fez com que a Portuguesa terminasse o Campeonato Brasileiro com 48 pontos. No entanto, o STJD retirou da equipe rubro-verde o ponto obtido contra o Grêmio e mais três. Com 44, o time do Canindé acabou rebaixado e salvou o Fluminense.

Heverton havia sido expulso contra o Bahia, e por isso cumpriu suspensão automática em jogo contra a Ponte Preta. Na sexta-feira que antecedeu o duelo com o Grêmio, porém, o STJD julgou o atleta e ampliou a pena dele para duas partidas.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também