Os fatos que marcaram a TV em 2013: Os destaques do ano

Os fatos que marcaram a TV em 2013: Os destaques do ano

O Canto da Sereia: História contada em uma Salvador dos dias atuais, cercada pelo clima policialesco, a série exibida em quatro capítulos e protagonizada por Isís Valverde, chamou a atenção e foi bem quista por todos.

Pecado Mortal: Grande aposta da Record para este ano, e que no fim acabou decepcionando, a trama de Carlos Lombardi se passou em um Rio de Janeiro dos anos 70. Texto de qualidade, direção de alto calibre, atores consagrados e muita ação, a história do folhetim gira em torno de duas famílias de bicheiros, no momento em que os morros cariocas começam a ser tomados pelo tráfico de drogas.

Pé na Cova: Criado por Miguel Falabella, o seriado gira em torno de uma funerária no bairro do Irajá, zona norte do Rio. Apresentando situações dramáticas ou cômicas vividas por personagens esquisitos e exagerados. Sucesso de audiência, a série foi exibida em duas temporadas, de janeiro à junho, e de outubro até o momento.

Tatá Werneck: A atriz e humorista fez uma transição de muito sucesso da MTV para a Globo. Tatá incorpora a periguete Valdirene em “Amor à Vida”. A personagem tem como principal característica ir atrás de milionários para tentar dar o golpe da barriga. A nova global, teve grande repercussão na trama de Walcyr Carrasco, e ainda se tornou uma das queridinhas do público da novela.

Fantástico: O dominical conseguiu um grande furo de reportagem. Exibido na edição do dia 21 de agosto, a atração mostrou uma entrevista exclusiva com o Papa Francisco, durante sua estadia pelo país. Gerson Camarotti, jornalista da Globo News foi o responsável em comandar a entrevista. Outro ponto positivo da atração foi o quadro “Vai Fazer o Quê?”, apresentado por Ernesto Paglia.

Ivete e Silvio no Teleton: O apresentador e a cantora deram um show de humor, diversão e improviso durante a 16º edição do programa que beneficia os pacientes da AACD. Durante quase duas horas, a química entre os dois pôde ser notada. Ivete dançou, segurou as cartolinas que Silvio teria que ler e até relembrou momentos de programas comandados por ele. O Teleton conseguiu alcançar a meta de 26 milhões.

Profissão Repórter: O programa, com seu olhar atualizado sobre os temas atuais, trás na linha de frente, Caco Barcellos, referência no jornalismo. Bem editado e sem apelação, a atração conseguiu se destacar. Um dos pontos fortes do programa foi a morte de jovens em uma periferia de São Paulo.

Aprendiz – O Retorno: Sendo novamente comandado por Roberto Justus, o reality da Record carregou injustamente o título de pior audiência da história. A nova edição trouxe ex-participantes formando o elenco. Prejudicado por ser exibido na madrugada, o reality mostrou que ibope e qualidade nem sempre caminham juntos.

Sangue Bom: O folhetim de Maria Adelaide Amaral e Vicent Villari explorou bons temas do nosso cotidiano: o papel da imprensa na formação de modas, na criação de celebridades e na manipulação do público. Sem grandes exageros, a trama foi o principal acerto da Globo na área da dramaturgia.

Sabrina Sato na Record: O grande destaque deste mês de dezembro, certamente, foi a contratação de Sabrina Sato pela Record. Para o ano que vem, a ex-integrante do “Pânico”, deverá comandar um programa nas tardes de domingo, substituindo o atual “Domingo da Gente”. A atração da japa terá como principais concorrentes o “Domingão do Faustão” (Globo), e o “Eliana” (SBT).

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também