Após quase seis anos, TV digital no Brasil ainda é um sonho distante

Após quase seis anos, TV digital no Brasil ainda é um sonho distante

Texto enviado por: José Henrique Kautzmann

Em 2 de dezembro de 2007 foi implantado o Sistema Brasileiro de Televisão Digital, que entrou em operação primeiramente em São Paulo. Na época, intensas propagandas divulgavam a nova tecnologia, que parecia vir como uma grande revolução na Televisão do Brasil.

Atualmente, passados mais de cinco anos, o Sinal Digital parece estar apenas engatinhando. Poucas cidades contam com a novidade e as que contam possuem poucos canais operando em HDTV. A princípio, o desligamento do Sinal Analógico estava previsto para 2016, mas o prazo foi adiado para 2018, pressupondo-se que Governo e Emissoras estão deixando tudo para última hora, se distanciando da época em que os mesmos promoviam uma verdadeira “corrida” por conversores digitais e televisores mais modernos.

Outro fato interessante é que muitas emissoras, mesmo implantando o Sinal Digital, apresentam timidamente os conteúdos em formato HD. O SBT, por exemplo, vive transmitindo filmes e séries gravadas totalmente em HDTV no formato SDTV. Neste caso, a única vantagem acaba sendo a transmissão sem chuviscos e falhas conhecidas do sinal analógico, mas os conteúdos em Alta Definição raramente aparecem. O interessante é que em 2007 as emissoras pareciam tão empolgadas com isso e hoje parecem nem se importar mais com o assunto e isso quando as emissoras acabam pensando mais no selo “HD” do que no conteúdo da programação, mas aqui já caberia outra discussão.

Com tudo, falta no Brasil um desejo das emissoras de oferecer o melhor para seus telespectadores e se modernizarem o quanto antes.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também