"Amor à vida": Amarylis revela traição para Niko

“Amor à vida”: Amarylis revela traição para Niko

Texto: Yahoo Novelas

Logo depois de tentar convencer Eron (Marcello Antony) a se tornar heterossexual, Amarylis (Danielle Winits) contará toda a verdade a Niko (Thiago Fragoso).

A situação entre os ex-amigos, que já estava péssima, piora quando a dermatologista decide levar o bebê Fabrício para se consultar com Paloma (Paolla Oliveira) sem falar para Niko, que está ansioso para acompanhar o crescimento do pequeno.
Revoltado, o sushiman vai até o hospital e flagra Amarylis toda feliz, falando que é mãe do bebê para quem quiser ouvir. Posteriormente, já em casa, a loira será extremamente preconceituosa, ao tentar impedir que Jayminho, menino que Eron e Niko vão adotar, fique perto de Fabrício. De acordo com ela, como ele cresceu em um abrigo, nunca se sabe o que pode acontecer.
No capítulo do dia 27 de outubro, Amarylis dará a notícia a Niko: não entregará o bebê para o casal. O rapaz, compreensivo, vai sugerir que a amiga faça terapia, para conseguir se desligar da criança e afastar-se deles. A médica, claro, recusa qualquer tipo de tratamento e conta a verdade: “O Fabrício é meu filho, Niko. Meu e do Eron. É isso mesmo. Eu e o Eron transamos, eu fiquei grávida e o Fabrício nasceu. O filho é meu. Meu e do Eron.”
Bom, pelo menos é o que ela acha. Ao conversar com os amigos Paloma e Laerte (Pierre Baitelli) nas próximas semanas, Amarylis ouvirá que, na época do procedimento, deveria ter se certificado que a inseminação não deu certo. Segundo o médico, o sangramento não necessariamente significa que a gravidez não vingou.

Ao que tudo indica, Niko exigirá um exame de DNA e comprovará que o bebê é dele e não de Eron, o que, de qualquer forma, não resolve a situação.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também