Depois de temporal, rio Piracicaba sobe um metro

Foto: Rodrigo Morgado / Você no PIRANOT

Após o temporal que caiu em Piracicaba, o rio de mesmo nome da cidade subiu quase um metro em menos de duas horas.

Segundo o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), o manancial encontrava-se às 16h30 da tarde ontem (17), antes da chuva, com 1.33 metros de profundidade e vazão de 49.23 m3/s. O número saltou para 2.3 metros de profundidade e 134.62 m3/s depois de duas horas quando ainda chovia.

Foto: Rodrigo Morgado / Você no PIRANOT

Mesmo sendo números altos, o rio não se encontra perto de nenhum estado de atenção ou alerta.

Às 10h50 deste sábado, a profundidade havia caído para 1.76 metros e a vazão para 80.2 m3/s.

Por | 18/11/2017|

Bombeiros cortam árvore e liberam trânsito na Geraldo de Barros, em Piracicaba

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foi liberado por volta das 18h30 desta sexta-feira (17), após uma força-tarefa do Corpo de Bombeiros com a ajuda de populares, o trânsito na Rodovia Geraldo de Barros. Uma árvore de grande porte caiu sobre um carro, conforme informou há pouco o PIRANOT / PORJUCA.

Segundo nossa equipe no local, a árvore estava tomada por cupim e isso pode ter sido um dos fatores que, aliados à tempestade, provocou a sua queda.

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Após cortar a árvore, uma empilhadeira de uma empresa local ajudou na remoção dos pedaços.

O carro que foi atingido pela árvore, uma Chevrolet Montana branca, de uma empresa, ficou danificado. Por sorte o motorista nada sofreu e ajudou na força tarefa.

A quada da árvore foi por volta das 17 horas e gerou um congestionamento de uma hora na região.

Veja fotos:

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Por | 17/11/2017|

Quedas de árvores e postes de luz isolam bairro de Piracicaba

Foto: WhatsApp

A queda de postes de energia e árvores deixaram os moradores do Bongue, em Piracicaba, ilhados nesta sexta-feira (17). O PIRANOT / PORJUCA está desde às 16h30 em plantão informando sobre a tempestade que cai sobre a cidade.

Segundo moradores, as quedas ocorreram na Avenida das Ondas. Recebemos imagens de leitores do local.

Foto: Lily e Eron Matos / Você no PIRANOT

Outras árvores caíram no Cecap e no Jardim Ibirapuera, ambos na zona leste. No último bairro, a queda foi no cruzamento das ruas Dom Manuel e Enxofre. Alguns fios ficaram pendurados como mostra a imagens.

Por | 17/11/2017|

Com chuva, Piracicaba registra acidentes e trânsito complica

Foto: Giza Garcia Vanderley / Você no PIRANOT

Continuamos a informar sobre a tempestade que cai em Piracicaba nesta sexta-feira (17). Nesta nota, vamos falar sobre acidentes e o trânsito. Nossas equipes continuam nas ruas e nossos leitores participam enviando imagens.

O primeiro acidente que tomamos conhecimento foi na Avenida Doutor Paulo de Moraes, próximo ao numeral 800, onde duas motocicletas colidiram.

O segundo foi na Rodovia Geraldo de Barros. Uma grande árvore caiu no sentido Vila Rezende, próximo à Santim, e interditou as duas faixas. Um carro foi atingido. O motorista nada sofreu.

Até às 17h57 o trânsito na rodovia era muito complicado. Para piorar, a chuva segue caindo com muita intensidade na região.

O último acidente foi no km 140 da Rodovia Luiz de Queiroz. Um caminhão tombou. Não há mais detalhes.

Por | 17/11/2017|

Motoristas se arriscam para enfrentar alagamento na Vila Areão, em Piracicaba

Foto de Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT.

Continuando nossa cobertura sobre a forte tempestade que atinge Piracicaba na tarde desta sexta-feira (17), a Avenida 1º de Agosto, em frente ao “Posto da Velha”, também sofreu com o alagamento. Confira fotos ao fim desta matéria.

A tempestade parece não dar trégua, causando vários pontos de alagamento por toda a cidade. Anteriormente, relatamos aqui também quedas de postes pelo bairro da Algodoal.

Por volta das 17h15, o bairro da Nova Piracicaba, próximo à Avenida Cruzeiro do Sul, registrava queda de energia.

Com o alto volume de chuva, a Avenida 31 de março também ficou debaixo d’água.

Nossas equipes de reportagem seguem acompanhando a forte chuva. Voltamos a qualquer momento com mais informações.

Confira abaixo mais fotos do alagamento:

Foto de Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT.

Foto de Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT.

Foto de Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT.

Por | 17/11/2017|

Córrego da Avenida 31 de Março transborda em Piracicaba

Foto: Leticia Fuzatto / PIRANOT

Continuamos a informar sobre a tempestade que cai em Piracicaba nesta sexta-feira (17). Nossas equipes continuam nas ruas e nossos leitores participam enviando imagens.

A leitora Leticia Fuzatto, da janela do seu apartamento, enviou ao PIRANOT / PORJUCA imagens de como está a Avenida 31 de março. Com o grande volume de água, o córrego que passa pela avenida transbordou.

Foto: Leticia Fuzatto / PIRANOT

Parte da água está descendo para a Avenida Armando Salles de Oliveira. No cruzamento das duas avenidas um rio se formou.

Foto: Ronalt Balotelli / Você no PIRANOT

Novas informações a qualquer momento através do aplicativo do PIRANOT. Clique aqui para instalar.

Por | 17/11/2017|

Rua no Nova América, em Piracicaba, vira um ‘piscinão’

Foto: WhatsApp

Continuando o plantão sobre o forte temporal que cai sobre Piracicaba, no bairro Nova América, a rua próxima ao supermercado Savegnago desapareceu, como mostram imagens que o PIRANOT / PORJUCA recebeu de leitores.

A tempestade cai sobre Piracicaba e cidades próximas no final da tarde desta sexta-feira (17), e causa estragos. Mais cedo mostramos quedas de postes no Algodoal. As equipes de reportagem do portal acompanham a situação da cidade de diversas formas.

Novas informações a qualquer momento através do aplicativo do PIRANOT. Clique aqui para instalar.

Por | 17/11/2017|

Governo Federal aumenta em R$ 9 milhões verba para a saúde de Piracicaba

Foto: Fabrice Desmonts / Câmara

O vereador Gilmar Rotta (PMDB) anunciou na noite de ontem (16), durante a sessão plenária da Câmara de Piracicaba, que o governo federal aumentará em mais de R$ 9 milhões o repasse de dinheiro para a saúde. O valor será pago em 12 parcelas.

Segundo o parlamentar, o aumento do repasse federal é resultado direto da atuação política implementada pela Câmara de Vereadores de Piracicaba ao longo deste ano. “Recebi, por volta das 17 horas, um telefonema do Gabinete da Presidência falando da Portaria 2912, que amplia os recursos para o município”, informou Gilmar.

No início do ano, Rotta manteve contato com o Ministério da Saúde para viabilizar a visita do secretário da pasta para Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Rogério Abdalla, em maio. Na oportunidade, cobrou a atuação do governo federal para minimizar as dificuldades da rede municipal. “Trouxemos ele para que conhecesse a estrutura de atendimento e, a partir disso, contribuísse para a melhoria no financiamento”, disse o vereador, à época.

Durante a reunião de quinta, o vereador destacou que a Portaria estava na mesa do ministro desde o inicio do ano, mas foi necessária a nomeação do substituto da pasta, Adeilson Loureiro Cavalcante, que durante uma semana apenas no cargo já encaminhou a liberação dos recursos que serão parcelados em 12 parcelas de R$ 798.313,00, totalizando R$ 9.579.760,00. “Espero que o ministro, voltando ao cargo, não revogue”, disse.

Gilmar Rotta também enalteceu a atuação de todos os vereadores, que trabalham na busca por estes recursos, em constantes conversas com os deputados federais e presidentes de partidos. “Gostaria de parabenizar a todos que se empenharam nesta luta, agora o secretário municipal Pedro Mello terá condições de gerenciar melhor a saúde”, enfatizou.

Diversas ações

A situação da saúde em Piracicaba tem sido tema constante no Plenário da Câmara de Vereadores e em proposituras apresentadas de forma recorrente. Um dos assuntos mais reclamados é a demora no funcionamento do Hospital Regional, no bairro Santa Rita. Mesmo sob administração do Governo do Estado, ainda não está em funcionamento. A dívida da Prefeitura com os hospitais locais também é permanente na pauta.

No início de agosto, o vereador Rerlison Rezende (PSDB) informou que em apenas seis meses a Câmara já havia protocolado 142 proposituras voltadas às demandas da rede municipal de Saúde. Em resposta ao que chamou de “críticas infundadas”, o parlamentar disse que apresentava ali “todas as proposituras que eu votei”, ao enaltecer o trabalho dos colegas. “Tivemos vários questionamentos”, destacou Relinho.

Além da atuação local, os vereadores buscam influenciar as decisões de parlamentares de outras instancias, com o objetivo de conseguir emendas para o orçamento de Piracicaba.

Relinho entrou em contato com o deputado federal Jefferson Campos (PSD-SP) e o deputado estadual Carlos Cezar (PSB). O vereador Adilsa Marques, o Paraná (PPS), levou o assunto ao deputado federal Paulo Freire (PR) e Lair Braga tratou da preocupação com o deputado estadual Luiz Carlos Gondin (SD).

A atuação política dos vereadores em defesa da Saúde também chegou diretamente ao governador Geraldo Alckmin, no início de outubro. Na inauguração do evento EsalqShow, com a presença do chefe do Executivo estadual, uma comitiva com 12 vereadores levou as dificuldades enfrentadas pela rede municipal de atendimento, por conta da falta de recursos.

Já no final de outubro, a Câmara aprovou a criação da Frente Parlamentar Pró-Saúde, com o objetivo de envolver as cidades integrantes da DRS-X, órgão da Secretaria de Estado responsável por gerir os recursos para 26 cidades. No último dia 9, um grupo de nove vereadores aprovou o primeiro requerimento da Frente, onde cobra dados da gestão do prefeito Barjas Negri (PSDB) sobre os atendimentos de saúde realizados na cidade.

A Câmara também serviu de palanque ao secretário municipal Pedro Mello (Saúde), que reclamou do déficit de repasses tanto do Governo do Estado quanto da União durante a audiência pública sobre a LDO 2018 (Lei de Diretrizes Orçamentárias), no dia 30 de agosto. “Essa situação está ficando em níveis bastante gritantes e de difícil de solução”, enfatizou.

Por | 17/11/2017|

Motorista se recusa a fazer teste do bafômetro após acidente em Piracicaba

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Um carro se acidentou por volta das 23 horas desta quinta-feira (16), na Rodovia Geraldo de Barros, sentido São Pedro à Piracicaba. Ninguém ficou ferido.

O acidente ocorreu quando um Volkswagen Santana saiu da pista e bateu em um barranco. O motorista e uma carona estavam dentro e não tiveram ferimentos. As causas do acidente serão investigadas.

A Polícia Rodoviária foi acionada e guinchou o carro ao pátio tendo em vista que ele tinha multas em atraso.

O motorista recusou fazer o teste do bafômetro. Clique aqui para continuar lendo o PIRANOT.

Por | 17/11/2017|

Homem fratura a clavícula em acidente na Geraldo de Barros, em Piracicaba

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Um motociclista fraturou a clavícula há pouco na rotatória de acesso ao distrito de Santa Terezinha, zona norte de Piracicaba. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

O acidente foi por volta das 17h20 quando a vítima, por motivos a serem esclarecidos pela Polícia Civil, bateu em uma Volkswagen Kombi próximo ao radar da Rodovia Geraldo de Barros. É normal neste trecho alguns motoristas reduzirem bruscamente a velocidade para não serem multados.

Após o acidente, a Semuttran foi acionada, assim como o Resgate do Corpo de Bombeiros.

A vítima, de 38 anos, foi imobilizada e levada para a UPA do bairro Piracicamirim com suspeita de fratura na clavicúla e escoriações pelo corpo.

Devido ao acidente, houve muita lentidão para quem seguia no sentido São Pedro da rodovia.

Veja mais imagens:

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

 

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Por | 16/11/2017|

Aposentado morre durante ‘bico’ em Piracicaba

Foto: Gustavo Alves de Oliveira / PIRANOT

Um aposentado de 55 anos morreu após passar mal no começo da tarde de ontem (15), enquanto fazia um ‘bico’ para complementar a renda em Piracicaba. O caso foi na Avenida Saldanha Marinho, bairro Cidade Alta.

Segundo o boletim de ocorrência, o dono do imóvel onde a vítima trabalhava contou para a Polícia Militar que contratou ela para fazer um reparo em sua caixa de água quando, por volta das 13h30, uma hora depois do início do trabalho, ouviu chamados.

O contratante, ao ir ver o que o aposentado queria, não conseguiu mais contato e teve de subir no telhado onde encontrou ele inconsciente.

O SAMU foi acionado e socorreu o homem à UPA do bairro Piracicamirim onde o óbito foi constatado.

O IML fez exame no corpo para apurar o que motivou a morte antes de liberá-lo aos familiares.

Ainda segundo o documento, a vítima era morador do bairro Morumbi.

Clique aqui para continuar lendo o PIRANOT.

Por | 16/11/2017|

Homem é torturado, esfaqueado e queimado em Piracicaba

Foto: Google Maps

O corpo de um homem sem documentos foi localizado esfaqueado e parcialmente queimado dentro de um barracão em obras em Piracicaba nesta quarta-feira (15). A Polícia Civil investiga o caso.

Segundo boletim de ocorrência obtido pelo PIRANOT / PORJUCA, o crime foi na Rua Hildebrando Magalhães, bairro Verde, e foi descoberto por uma moradora de rua que acordou por volta das 13 horas e encontrou o cadáver. Ela pediu ajuda para um homem que passava pela rua e a Polícia Militar foi acionada.

No local, os militares encontraram manchas de sangue em dois pontos diferentes do imóvel. Em um deles havia marcas de fogo.

No corpo foram encontradas diversas marcas de faca na perna esquerda, peito e barriga, um ferimento grave no crânio e queimaduras.

O IC (Instituto de Criminalística) e a Polícia Civil foram acionados. Após perícia no local, o corpo foi encaminhado ao IML para exames.

Ainda segundo o documento, a vítima era parda, aparentava 40 anos de idade, tem cabelos curtos, castanhos e encaracolados, além de tatuagens, sendo uma delas a de palhaço, que seria um símbolo usado por criminosos que atentam contra a vida de policiais.

Pessoas que tenham parentes com estas características devem procurar a Polícia Civil para solicitar autorização para fazer o reconhecimento do corpo. De momento ele está guardado em uma das geladeiras do IML.

A Polícia Civil ainda não sabe o que motivou o crime, mas fontes do PIRANOT disseram que populares adiantaram características dos criminosos, assim como um possível motivo.

Por | 16/11/2017|
Carregar mais conteúdo