Administrador

Sobre Assessoria de Imprensa

Este autor ainda não possui uma descrição.
So far Assessoria de Imprensa has created 1252 blog entries.

Operação da Sedema vistoria 732 caçambas em Piracicaba

Foto: Justino Lucente/CCS

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) realizou nos últimos dias 22 e 23 uma operação para vistoriar as condições e o registro das caçambas utilizadas principalmente para o descarte de entulho e material de construção. A operação foi desenvolvida pelo fiscais da Divisão de Controle e Fiscalização. Em dois dias de operação, foram vistoriadas 732 caçambas colocadas em frente às obras de construção e reformas espalhadas pela cidade.

Do total, 24 caçambas apresentaram irregularidades. Dezenove por não estarem cadastradas nos registros do sistema de controle da Sedema; quatro por desacordo com o padrão (ou seja, sem as condições mínimas de uso) e uma outra por apresentar numeração duplicada.

As empresas que não cadastraram as suas caçambas no sistema foram multadas em R$ 1.052,94 cada. Aquelas em desacordo com o padrão, multa de R$ 752, 10 cada e a outra com a numeração duplicada, autuada também em R$ 752,10.

De acordo com Reinaldo Rabelo Filho, da Divisão de Controle e Fiscalização, a operação é realizada a cada seis meses. Mas, se houver uma denúncia, os fiscais são acionados para fazer a inspeção. A intenção desta operação foi realmente checar as condições das caçambas, desde a conservação até a pintura das faixas reflexivas de alerta.

O secretário José Otávio Menten lembrou que Piracicaba tem uma lei que regulamenta o serviço na cidade, que precisa ser cumprida. Ele explicou que cabe à Sedema a fiscalização e o alerta às empresas da necessidade de se cumprir a lei. Além disso, a Secretaria tem o controle da deposição de entulho ou resto de material de construção nos locais corretos. Por isso, é importante, a cada seis meses, as fiscalizações.

.

LEI DAS CAÇAMBAS – A Lei nº 6962/2010, ou a Lei das Caçambas, foi criada pela Prefeitura com o objetivo de dar destinação correta aos resíduos e também para fomentar o seu reaproveitamento pela reciclagem. Por meio da lei foi criado o Certificado de Transporte de Resíduo (CTR), que é um sistema informatizado que obriga as empresas que exploram as caçambas façam o registros de seus equipamentos. Isso fez com que a Sedema tenha o controle das caçambas desde a sua chegada à construção até a descarga do resíduos em locais apropriados.

Com esta rede de informações, houve um aumento considerável de recolhimento de resíduos de construção civil e demolições do município. Este material é encaminhado às empresas licenciadas para triagem, britagem e reutilização em obras e na operação tapa-buraco das secretarias, como Semae e Secretaria Municipal de Obras (Semob), e nas estradas vicinais pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Sema).

Além disso, com este sistema, a Prefeitura conseguiu reduzir drasticamente a quantidade de resíduos de construção civil descartados irregularmente, nos chamados “bota-foras”, onde grupos de “catadores” informais trabalhavam em condições precárias, causando, inclusive, grandes danos ambientais ao solo. Por ser um sistema inovador tem servido de referência a muitas outras cidades que tem vindo conhecê-lo.

.

ECOPONTOS – Para os pequenos geradores de entulho de pequenas reformas, ou seja, para aqueles que geram até um metro cúbico, a Prefeitura criou os Ecopontos, instalados em diferentes pontos da cidade e que estão aptos a receber não só estes resíduos, mas também pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes, pneus e recicláveis.

A Prefeitura possui hoje 9 ecopontos instalados no município, um sendo construído no bairro Santo Antônio e projetos para instalação de outros.

Antes de contratar o serviço de caçambas, o interessado pode entrar em contato com a Prefeitura, pelos telefones 3403-1252 e 3403-1254, para saber se a empresa que explora o serviço esta regular, ou seja, devidamente cadastrada na Sedema.

Por | 28/05/2017|

Varredeira mecanizada agiliza a limpeza de áreas verdes de Piracicaba

Foto: Divulgação

O setor de varrição da Prefeitura ganhou reforço com a aquisição de uma máquina de varredeira mecanizada, C201 da Johnston pela Piracicaba Ambiental, empresa terceirizada que realiza o serviço terceirizado para a Prefeitura.

Segundo os técnicos da empresa, este equipamento foi adquirido para agilizar o trabalho de manutenção de praças públicas. “A varredeira executada o serviço de varrição da Praça José Bonifácio de segunda a sábado, por volta das 6 horas da manhã.

O equipamento que vinha sendo testado desde de forma experimental desde fevereiro em alguns pontos da cidade apresentou resultados satisfatórios, como: Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Ginásio de Esportes, Estádio Municipal, Terminal Rodoviário. ”

Segundo técnicos da Piracicaba Ambiental, a varredeira mecânica, foi projetada para realizar trabalhos de varrição leve e aprovado para recolhimento de folhas, garrafas pet’s, papéis de modo geral; terras em pequenas quantidades, retirar resíduos impregnados das calçadas das praças. Além disso, vem sendo usada também para aspirar folhas com o auxílio “sugador manual”.

Segundo informações da empresa “o operador da varredeira mecânica recebeu instruções e vem desempenhando suas atividades de modo seguro e satisfatório”. O equipamento tem capacidade no tanque de 50 litros de diesel S-10 e autonomia de trabalho entre 18 e 20 litros por turno trabalhado, chegando a fazer a limpeza de até 10Km em 8 horas de trabalho.”.

Por | 26/05/2017|

Para renovar frota, Prefeitura de Piracicaba quer arrecadar R$ 280 mil em leilão de usados

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Transportes Internos (Semuttri), realizará dois leilões de veículos usados e de outros bens inservíveis. Os de veículos acontecerão nos dias 31 de maio e 19 de junho, abrangendo cerca de 50 marcas. A expectativa de arrecadação é de cerca de R$ 280 mil. Já os leilões de bens estão marcados para os dias 5 e 9 de junho.

No dia 31, leilão acontecerá às 14h30, no Anfiteatro do Centro Cívico, quando serão alienados veículos usados, de diversas marcas, avaliados em R$ 106,9 mil. A expectativa de arrecadação é de mais de R$ 150 mil.

Entre os veículos a serem leiloados estão um Mercedes-Benz Bombeiro 608, ano 1972, avaliado em R$ 9.500,00; GM S-10, ano 1999/2000 (R$ 4.900); Volkkswagem 16170 BT Tanque, ano 1995/1996 (R$ 39.900); Mercedes-Benz 1113 Tanque, ano 1997 (R$ 9.900); Ford F-4000 CD 4.3 Turbo Carroceria, ano 1997/1998 (R$ 19.900); Mercedes-Benz – 608 D Carroceria, ano 1975 (R$ 6.500); Volkswagem Parati 1.6 – ano 2008/2009 (R$ 4.500); Volkswagem Parati 1.6, ano 2008/2009 (R$ 5.900) e Volkswagem Parati 1.6, ano 2008/2009 (R$ 5.900).

O segundo leilão de veículos será realizado no dia 19 de junho, também no Anfiteatro do Centro Cívico, às 14h30. Os bens estão avaliados em R$ 105 mil e a expectativa de arrecadação é de R$ 130 mil.

Serão leiloados um Mercedes-Benz Sprinter Furgão 311 CDI – ano 2001/2002, avaliado em R$ 21 mil; Mercedes-Benz Sprinter 311 SF ambulância, ano 2003/2004 (R$ 20 mil); GM S-10 2.4, ambulância ano 2002, dois lugares (R$ 10 mil); Volkswagen Gol 1.0 4 portas, ano 2007/2008 (R$ 5.000); Mercedes-Benz Sprinter 313 – micro-ônibus 16 lugares, ano 2009/2010 (R$ 40 mil); Volkswagen Kombi 1.4, 9 lugares, ano 2007 (R$ 9.000).

Os bens poderão ser arrematados por pessoas físicas ou jurídicas, maiores de 18 anos, que derem o maior lance. O certame será conduzido por leiloeiro. Os interessados poderão agendar antes do leilão junto à Semuttri, pelo telefone (19) 3417-3800, com Ivan José Zotelli ou João Romano Pazete, uma visita na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, na Rodovia Piracicaba Anhembi – Km 154 (pátio da Sobrenco) para verificar a situação dos bens.

Camilo Barioni, secretário da Semutri, explica que o leilão de veículos usados é realizado pelo Poder Público com a finalidade de reduzir custo com a manutenção desses veículos, uma vez que muitos já estão velhos, alguns inservíveis para a administração municipal. “Com a realização do leilão todo o dinheiro arrecadado retornará aos cofres municipais”, reforçou.

.

OUTROS ITENS – Além do leilão dos veículos acontecerá o leilão de cerca de 180 peças de carcaças de pneus usados, no dia 5 de junho, a partir das 14h, na sala de licitações, no 1º andar da Prefeitura de Piracicaba. Os bens estão avaliados em R$ 10,50 a unidade. Também no dia 5 de junho, às 15h, na sala de licitações, 1º andar da Prefeitura, será realizado leilão de 2.000 litros de óleo lubrificante usado, avaliado em R$ 0,20 o litro. Para conhecer os produtos o interessado deve agendar previamente a visita junto à Semuttri, no telefone 3433-1711, com Antonio Israel Bortoleto.

No dia 9 de junho será a vez de leiloar 5.270 carcaças de baterias usadas, avaliadas em R$ 2 a unidade. O certame terá início às 14h30, na sala de licitações da Prefeitura, no 1º andar. Os bens podem ser examinados pelos interessados por meio de agendamento junto à Semuttri, no telefone 3417-3800, com Ivan José Zotelli.

Por | 26/05/2017|

Passeata contra abuso e exploração sexual reúne 300 pessoas em Piracicaba

Foto: Justino Lucente / CCS

Munidos de folhetos, cartazes, apitos e flores, símbolo da campanha nacional contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, cerca de 300 pessoas participaram na tarde de hoje (25) da Passeata promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) para dar visibilidade à causa.

Dentre as 300 pessoas, crianças atendidas pelos Centros de Atendimento Socioeducativo (Case), em companhia de seus orientadores, adolescentes do Projeto Gerações, também acompanhados de seus orientadores, profissionais dos Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), dos Cras (Centro de Referênc

ia de Assistência Social), do Programa Saúde da Família, do Instituto Formar, da Associação Atlética Educando Pelo Esporte, do Cram

i (Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância/Piracicaba) e do Conselho tutelar.

Durante a passeata – que foi acompanhada pela fanfarra da escola municipal de ensino fundamental Geraldo Bernardino – e fez com que as pessoas parassem para ver o grupo passar, foram distribuídos folhetos sobre como denunciar e como reconhecer o abuso de crianças e adolescentes. Além dos folhetos, cartazes lembravam que criança não é brinquedo, que a sociedade que sabe do abuso e nada faz é cúmplice e que o número para denunciar é o Disque 100. Durante o trajeto percorrido pela Rua Governador Pedro de Toledo, entre as ruas Dom Pedro II e a São José, as crianças também proferiram gritos de guerra com as palavras não, não, não, diga não à exploração e 1, 2,3, 4, 5 mil, o Case é contra o abuso infantil.

Uma delas, Thayla Cristina de Campos Gasparetti, de 10 anos, que frequenta o Case Jardim Oriente, estava muito feliz já no final do evento, que culminou com apresentações na Praça José Bonifácio, defronte à Catedral. “Esta passeata foi maravilhosa, a gente incentivou as pessoas a lutarem contra o abuso”.

Liliana Amorim, mãe de aluno integrante da fanfara e que estava acompanhada do marido e da filha menor do casal, assistia a passeata com olhos de satisfação. “Está lindo. O tema da passeata é necessário. É preciso jogar luz sobre o assunto. É preciso falar sobre o assunto porque ele é real e precisa ser combatido.”

A importância de falar sobre, conscientizar a população e sensibilizar para a causa estava dentro das intenções dos organizadores do evento e das entidades presentes. Eliete Nunes, titular da Semdes, lembra o quanto é importante denunciar para permitir a redução de danos, se os abusos já aconteceram. “A intenção com o evento é sensibilizar as pessoas para a questão grave de abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes e a importância de denunciar”. Viviane Bertoncello, psicóloga do Crami, acredita que a conscientização sobre abusos e exploração, podem ser preventivos. Zélia dos Reis, conselheira tutelar, frisa que informações de como detectar abusos e exploração podem incentivar as denúncias.

Ao final da passeata, os manifestantes se posicionaram na Praça José Bonifácio e assistiram apresentações de dança de crianças atendidas pelos Cases Bosques do Lenheiro, Jardim Oriente e Jardim Itapuã e apresentação do coral do projeto gerações, com jovens dos bairros São José, Piracicamirim e Novo Horizonte.

A passeata finaliza programação de ações alusivas ao dia 18 de maio, que é o dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A Data foi escolhida por remeter a um crime bárbaro ocorrido em 1973, quando Araceli Cabrera Sanches, de 8 anos, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba.

A escolha do dia como marco aconteceu em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. O evento foi organizado pelo Centro de Defesa de Crianças e Adolescentes (CEDECA/BA), representante oficial do Ecpat, organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia. O encontro reuniu entidades de todo o país. Foi nessa oportunidade que surgiu a ideia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil. O dia se tornou lei, por meio do projeto da então deputada Rita Camata, com numeração 9.970

Por | 26/05/2017|

Praça da Amizade, em Piracicaba, passa por obras de manutenção

Foto: Divulgação

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, a Sedema, realiza obras de manutenção na Praça da Amizade, localizada na rua Emílio Galdi, no Jardim Monumento.

Entre as obras que estão sendo executadas estão: a reforma do alambrado, pintura da arquibancada, pintura dos brinquedos. Além disso, o espaço está recebendo a instalação de novos bancos.A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente – Sedema, realiza obras de manutenção na Praça da Amizade, localizada na rua Emílio Galdi, no Jardim Monumento.

Foto: Divulgação

Entre as obras que estão sendo executadas estão: a reforma do alambrado, pintura da arquibancada, pintura dos brinquedos. Além disso, o espaço está recebendo a instalação de novos bancos.

Por | 25/05/2017|

Sinfônica abre Virada Cultural de Piracicaba com concerto caipira

Foto: Divulgação

A música erudita e o sertanejo raiz embalam a abertura da Virada Cultural Paulista em Piracicaba, evento do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Secretaria da Ação Cultural. A celebração entre os estilos musicais fica aos cuidados da Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP) e do instrumentista Ivan Vilela na viola brasileira.

A apresentação está marcada para as 18h de sábado (27), no Teatro Municipal Erotídes de Campos, no Engenho Central. Antes, às 15h, acontece ainda o ensaio geral, também aberto ao público. A entrada é gratuita.

Sob regência do maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da Sinfônica de Piracicaba, o concerto começa com O Moldávia, obra do ciclo Minha Pátria, o poema sinfônico mais conhecido do compositor checo B.Smetana. Na sequência, a OSP apresenta a Suíte nº 1, extraída da ópera Carmen, a mais famosa do francês Georges Bizet.

Já as cinco peças selecionadas para a apresentação com o solista Ivan Vilela são Tristeza do Jeca, de Angelino de Oliveira, Saudade de Minha Terra, de Goiá e Belmonte, e Menino da Porteira, de Ted Vieira e Luizinho, além de A Força do Boi e Armorial, ambas de autoria de Vilela. As orquestrações são de Renato Kefi.

Segundo o maestro piracicabano Jamil Maluf, a inclusão da viola caipira no repertório demonstra a versatilidade do conjunto sinfônico, que já apresentou estilos como jazz e o chorinho. Maluf lembra que em 2014, quando Vilela tocou com a OSP pela primeira vez, a reação da plateia foi de êxtase. “Piracicaba valoriza a música raiz e faz questão de manter suas tradições. A presença de Ivan Vilela é mais que oportuna, pois este ano Piracicaba completa 250 anos de fundação, sendo esse concerto uma forma de homenagem à cidade.”

.

O SOLISTA – Ivan Vilela dedica-se, há três décadas, à pesquisa sobre as manifestações da cultura popular em Minas Gerais e em São Paulo. É professor da Escola de Comunicação e Artes da USP e dirige a Orquestra de Viola Caipira de São José dos Campos.

Realiza, desde 1996, concertos e conferências em países como Estados Unidos, Alemanha, Argentina, Bélgica, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal. Foi indicado a importantes prêmios da música brasileira, como o Prêmio IBAC de Cultura Popular, Prêmio Rival-BR, Prêmio Sharp, Prêmio Movimento, Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e Medalha Carlos Gomes, da Prefeitura Municipal de Campinas.

.

#MINHAOSP – Em todos os concertos da temporada, a Sinfônica permite, ao final da apresentação, durante o Bis, que o público utilize smartphones para registrar em fotos, vídeos ou transmissão ao vivo (lives). As postagens nas redes sociais devem ser feitas com a hashtag #MinhaOSP.

 Os recursos da Temporada 2017 são provenientes da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio das secretarias da Ação Cultural e de Educação, e conta com o apoio do Jornal de Piracicaba, Revista Arraso, Rádio Educativa FM,

Cultura Artística, Oscip Pira 21, Grupo Pizzinatto e Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle (Empem).

Como forma de colaborar com as entidades atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade, a OSP incentiva a doação de fraldas geriátricas.

 

Por | 25/05/2017|

“Reforma da Previdência é para tirar direitos”, afirma Matheus Erler na Esalq

Foto: Câmara de Vereadores

“A reforma da Previdência é para tirar direitos conquistados pelos trabalhadores”. A frase é do advogado e presidente da Câmara, Matheus Erler (PTB), que ministrou palestra e tirou dúvidas dos funcionários da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), hoje pela manhã (24), no Pavilhão de Engenharia da universidade.

Acompanhado da também advogada, especialista em Direito Previdenciário, Ana Júlia Avansi, Erler expôs como são as regras atuais para a aposentadoria e como ficarão caso a reforma previdênciária seja aprovada pelo Congresso Nacional. “O texto já passou nas comissões da Câmara. A Previdência não está quebrada e, caso o projeto fosse colocado em votação no dia de hoje, não passaria”, pontuou Erler se referindo aos escândalos de corrupção envolvendo o presidente da República, Michel Temer.

“O time do Flamengo, o Bradesco além de outras empresas de porte, são os grandes devedores da Previdência e não são cobrados ou, quando não, têm as suas dívidas perdoadas”, comentou, indignada, a advogada Ana Júlia Avansi. “Além disso, se tiver que manter o trabalhador na ativa até os 65 anos, como quer o governo, vamos fechar as portas de trabalho aos mais novos”, frisou.

Uma das aberrações da nova proposta de previdência, de acordo com Matheus Erler, é a aposentadoria especial, concedida, atualmente, aos trabalhadores que têm contato, principalmente, com agentes químicos e nocivos. “Um chão de fábrica, um enfermeiro, um médico terá que ter, no mínimo, 55 anos para pleitear o benefício. É um absurdo!”.

Servidora da Esalq há 32 anos, a técnica em laboratório, Denise Mescolotti, elogiou a iniciativa da Ascampus (Associação dos Servidores do Campus na USP Piracicaba) em trazer especialistas no Direito Previdenciário para esclarecer os questionamentos dos funcionários. Da mesma opinião compartilhou o presidente da Ascampus, Rosni Honofre Pinto. “Hoje os funcionários tiveram uma oportunidade de sanar suas dúvidas. Enfim, foi muito proveitoso”.

Por | 25/05/2017|

Vacinação contra a raiva na zona rural de Piracicaba começa neste sábado (27)

Foto: Divulgação

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, começa neste sábado (27), a campanha de vacinação contra a raiva em cães e gatos na Zona Rural. O atendimento será realizado durante a semana e aos sábados, como ocorreu no ano passado. Algumas regiões que não apresentam mais características rurais serão atendidas em postos fixos, aos sábados, e não mais casa à casa. A meta é vacinar cerca de 10 mil animais até o dia 29 de julho. A campanha antirrábica na Zona Urbana está prevista para setembro.

Nos dias da campanha, trabalharão vacinadores treinados, que farão a cobertura de toda área rural, com material descartável e vacinas individuais. É importante que os proprietários colaborem, prendendo seus animais previamente à visita da equipe. No caso dos cães, devem ser levados aos postos de vacinação em guias e conduzidos por adultos.

Para os animais mais agressivos, é obrigatório o uso da focinheira. Os gatos deverão ser levados em caixas de transporte ou em sacos, como aquele usado para embalar cebolas, evitando assim fugas e possíveis acidentes com os animais, seus donos e vacinadores.

Todos os cães e gatos, a partir dos três meses de idade, poderão receber a vacina. Animais doentes, em tratamento e debilitados deverão aguardar a recuperação e a alta do seu médico veterinário, assim como as gestantes e com crias, que devem esperar o desmame dos filhotes. As vacinas podem ser aplicadas também de segunda a sábado, das 8h as 15 horas, no CCZ, que funciona como ponto fixo durante o ano todo.

De acordo com o veterinário da CCZ, Paulo Lara, coordenador da campanha antirrábica, a vacinação é muito importante para prevenir a doença. “A Raiva mata e é transmitida por mamíferos, principalmente os morcegos, que atualmente contribuem para a circulação e manutenção do vírus na Zona Rural e no município de Piracicaba”, afirmou.

De acordo com o especialista, este ano o trabalho de vacinação na zona rural terá também uma finalidade complementar, que é conscientizar a população local sobre os riscos da febre amarela e a necessidade de observar nas áreas de mata a existência ou não de macacos e suas condições de saúde.

“Este ano, devido a nossa preocupação com o avanço da febre amarela no Estado, incluindo municípios próximos como Campinas, realizaremos um trabalho, com apoio da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (SEMA) e da Cooperativa dos Plantadores de Cana (COPLACANA), que visa o levantamento das áreas com avistamento de primatas não humanos (macacos) e possíveis óbitos, além de uma ação informativa voltada a vigilância da doença na Zona Rural”, concluiu Paulo Lara.

Por | 24/05/2017|

Seis empresas do Uninorte geram empregos e regularizam terrenos doados pela Prefeitura

A Prefeitura de Piracicaba regularizou as escrituras de doação de seis empresas do Distrito Industrial Uninorte, em trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Governo e Procuradoria-geral. São elas: Ipanema Painéis, Parkits – Vedações Hidráulicas, Stap – Metalúrgica, Vectra – Equipamentos Hidráulicos, Dilutec – Indústria e Comércio de Produtos Químicos e Proveraço – Metalúrgica.

Nestes primeiros meses do governo Barjas Negri, nove empresas, que geram 236 empregos e têm faturamento de quase R$ 50 milhões, se adequaram à legislação e conseguiram as escrituras dos seus terrenos. O Distrito Uninorte possui 76 empresas instaladas, no total.

A localização geográfica – próxima de importantes rodovias – e as isenções concedidas pela Prefeitura, como a do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e o Imposto Sobre Transferência de Bens Inter-Vivos (ITBI) e a cessão de terrenos, entre outras, atraíram e continuam atraindo grandes empresas para Piracicaba. Há, na lista de espera, 70 empresas interessadas em se instalar na cidade, à espera de um terreno.

Por | 24/05/2017|

Piracicaba terá passeata contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Foto: Divulgação

A passeata de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes acontecerá nesta quinta-feira (25), com concentração a partir das 13h30, em frente ao Mercado Municipal. Depois, os participantes seguirão para a praça José Bonifácio, onde haverá apresentações de dança e canto coral. O evento é promovido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) e conta com o apoio das secretarias municipais de Trânsito e Transportes, de Esportes Lazer e Atividades Motoras, Educação, Turismo e também de organizações da sociedade civil.

Em 2016, por meio dos CREAS (Centros de Referência Especializados de Assistência Social), a Semdes registrou 109 casos de abuso e exploração sexual de Crianças e Adolescentes. Este ano, até março, foram registrados 29 casos.

A passeata integra a Campanha Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes, que realiza ações de Combate ao abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no mês de maio e ocorre em âmbito nacional.

A intenção, com o evento, é dar visibilidade à questão do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes e assim sensibilizar a sociedade para a temática. “Estaremos com diversos dos nossos técnicos e várias crianças dos nossos serviços estarão envolvidas. É importante que as famílias participem com suas crianças e seus adolescentes, porque é um momento de conscientização para que todas as pessoas possam ajudar estas crianças e adolescentes, quando estiverem passando por uma situação semelhante de abuso e exploração sexual, ajudando pela denúncia, inclusive, podendo fazer de forma anônima, pelo disque 100”, explica Eliete Nunes, secretária municipal de Desenvolvimento Social.

O município de Piracicaba atende os casos de violência e abuso nos CREAS, a partir de encaminhamento ao serviço feito pelos Conselhos Tutelares, seguindo fluxo estabelecido com o Sistema de Garantia de Direitos. Os casos são acompanhados por uma dupla psicossocial que dá apoio, orientação e acompanhamento familiar. Existe também um material específico formulado pela secretaria sobre a violência sexual, objetivando a conscientização da população, além de uma série de atividades entre as quais, a passeata.

.

PRAÇA – A dinâmica da passeata será a concentração no mercado municipal. Dali as crianças e os técnicos, munidos de cartazes descerão a rua Governador Pedro de Toledo, acompanhados de fanfarra de escolas municipais, até chegar à praça José Bonifácio. Na praça, acontecerão as apresentações de dois serviços de convivência da Semdes: o Case (Centro de Atendimento Socio Educativo), que estará presente com as unidades Jardim Itapuã, Jardim Oriente e o Bosques do Lenheiro; e o Gerações, que é um serviço de convivência desenvolvido nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social), que vai apresentar seu núcleo de canto coral, trabalho desenvolvido com jovens de 15 a 17 anos dos Cras Piracicamirim, São José e Novo Horizonte. Também estarão disponíveis brinquedos infantis.

Este é o quarto ano que a Semdes realiza ações alusivas ao dia 18 de maio, que é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Por | 23/05/2017|

Loja do Palmeiras no Shopping Piracicaba deixa de ser franquia e reinaugura

Foto: Divulgação

Os palmeirenses da cidade já podem comemorar a reinauguração da Academia Store no Shopping Piracicaba, localizada no piso L2, corredor da expansão. Além dos produtos oficiais do clube, a loja conta com novidades para os torcedores.

Chaveiros, roupas e acessórios são alguns dos itens que já faziam parte do mix da Academia Store, que agora também conta com peças para escritório, livros e vinhos, além do atendimento diferenciado. Os principais produtos da loja são as coleções atualizadas Adidas Oficial e a linha casual Academia Store.

A gerente da loja, Mayra Miguel, explica que a Academia Store deixou de ser uma franquia, passando a uma loja própria, oficial da Sociedade Esportiva Palmeiras. “Essa principal mudança proporcionou mais opções de produtos e atendimento mais personalizado”, destaca.

Por | 23/05/2017|

Câmara de Piracicaba economiza mais de 50% em gastos com viagens

A Câmara de Vereadores de Piracicaba, através da gestão do vereador presidente Matheus Erler, reduziu em mais de 50% o valor das diárias de viagens pagas a servidores públicos no primeiro quadrimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. A redução faz parte da política de contenção de gastos, definida pela Mesa Diretora desde o início do ano.

Nos quatro primeiros meses deste ano, o Departamento Administrativo-Financeiro autorizou o pagamento de 26 diárias em Janeiro, 52 em Fevereiro, 59 em Março e 50 em Abril, totalizando, em valores nominais, R$ 18.047,22. A economia é de R$ 30.530,80, se comparado ao mesmo período do ano passado, quando os valores chegaram a R$ 48.578,02 – haviam sido 115 diárias em Janeiro, 108 em Fevereiro, 133 em Março e 126 em Abril.

O resultado está diretamente relacionado à aprovação do projeto de resolução 2/2017, da Mesa Diretora, quando o uso de veículos oficiais e os valores de diárias de viagens do Legislativo piracicabano foram otimizados, com o intuito de atender à economia de R$ 5 milhões, já contingenciados do Orçamento da Câmara de Vereadores de Piracicaba.

“Após as medidas adotadas pela atual Mesa Diretora, que assumiu um compromisso com a população de economia, todos os vereadores aderiram e colaboraram com as medidas, dentre elas, redução nos valores e quantidades de viagens realizadas”, enfatiza Kátia Mesquita, diretora do Departamento Administrativo-Financeiro.

Ela destaca, também, que a redução não afetou o trabalho legislativo. “Tudo depende de uma mudança na cultura que já existia, mas, de qualquer forma, os servidores continuam trabalhando, atendendo aos cidadãos e aos vereadores”, disse.

A previsão é de que a otimização do uso das diárias de viagens e de carros oficiais continue. “Todos estão conscientes da necessidade de economia aos cofres públicos, todos estão juntos nesta causa e nenhum membro da Casa reagiu mal às propostas de economia”, definiu a diretora do Departamento Administrativo-Financeiro.

Por | 23/05/2017|
Carregar mais conteúdo