Administrador

Sobre Assessoria de Imprensa

Este autor ainda não possui uma descrição.
So far Assessoria de Imprensa has created 1298 blog entries.

Arrastão Ecológico retirou 300kg de lixo do rio Piracicaba

Prefeito disse que a iniciativa é importante no sentido de ampliar a conscientização sobre a importância de se recuperar os mananciais

Foto: Sedema Piracicaba.

Aproximadamente 350 pessoas participaram das atividades educativas realizadas no sábado (14) durante a 24ª edição do Arrastão Ecológico e Campanha Rio Vivo – juntos pela consciência ambiental na bacia do Rio Piracicaba, quando recolheram 300 kg de lixo, entre pneus, colchões e milhares de embalagens. Participaram o prefeito Barjas Negri, o secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, o vereador Pedro Kawai e parceiros da iniciativa.

O evento, em homenagem ao Dia do Rio Piracicaba, foi realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), da Oscip Pira 21 e do ambientalista José Carlos Masson. O objetivo foi orientar a população e estimular as relações sustentáveis com a água, ribeirões e rios da bacia hidrográfica do Rio Piracicaba.

Desde 2002, o Dia do Rio Piracicaba é comemorado em 15 de abril, data em que foi criado um Decreto com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do rio para todos. Desde então, a data vem sendo comemorada com uma extensa programação, incluindo ações de educação ambiental e culturais que se concentram entre as rampas do Largo dos Pescadores e da Avenida Cruzeiro do Sul.

O evento de sábado contou também com apoio e a participação de várias instituições parceiras, entre elas a Associação dos Pescadores Esportistas do Rio Piracicaba e Afluentes – APERP com uma equipe de associados, cinco barcos e caiaque para limpeza no leito do Rio Piracicaba. A Sedema lembra que a Aperp realizou uma ação semelhante de limpeza do rio no mês passado – ocasião foram recolhidos cerca de 600 kg de lixo.

Para o prefeito Barjas Negri, o arrastão ecológico é importante no sentido de ampliar a conscientização sobre a importância de se recuperar os mananciais. “Esta atividade envolvendo jovens é um incentivo para que se expanda e possa se fazer iniciativa semelhante junto ao Rio Corumbataí, ribeirão do Piracicamirim, córrego do Enxofre, para termos uma cidade com desenvolvimento e sustentabilidade”, afirmou.

Barjas lembrou ainda que todo o esgoto coletado na cidade é tratado e são poucos os municípios do Brasil que têm este índice. “No entanto, em Piracicaa existem ainda umas 2.000 unidades habitacionais concentradas em área de favela, em que o esgoto não é coletado. Estamos fazendo um esforço enorme para realizar a urbanização de favelas, com perspectivas de, em 2020, chegarmos muito próximo a coleta de 100% do esgoto tratado”, disse.

Menten ressaltou que esta ação anual visa mobilizar a população em defesa do Rio Piracicaba, além de estimular a consciência sobre a importância da conservação da paisagem natural, do turismo sustentável e da proteção da biodiversidade das bacias hidrográficas. Além do NEA da Sedema, o evento contou também com outras instituições e parceiros, como o Consórcio PCJ, o Projeto Educativo do Hidrofitotério da Esalq, ETEC Ary de Camargo Pedroso e Grupos de Escoteiros de Piracicaba.

Segundo Josué Adam Lazier, secretário executivo da Oscip Pira 21 – Piracicaba Realizando o Futuro, “A celebração do Dia do Rio Piracicaba é uma atividade fundamental para estimular práticas sustentáveis pela população em relação ao Rio Piracicaba e seus afluentes, principalmente em relação ao descarte correto de resíduos urbano e rural, além de promover a educação ambiental em defesa das águas da bacia do Rio Piracicaba. Além disso, favorece a conservação ambiental e o desenvolvimento do turismo ecológico, objetivos alinhados à Agenda 21 de Piracicaba”.

“Os laços afetivos da população piracicabana com o rio são demonstrados nessa ação, que faz parte do processo contínuo de luta pela conservação da qualidade das águas do rio Piracicaba, que tem influência das ações não só da população de Piracicaba, mas de toda sua bacia hidrográfica”, afirmou a bióloga do NEA, Elizabeth da Silveira Nunes Salles. O ambientalista José Carlos Masson, destacou a importância da participação da sociedade na manutenção da limpeza do rio. “Durante mais de duas décadas, retiramos mais cerca de 23 toneladas de entulho das margens do rio com o auxílio dos barcos. É um gesto simbólico, mas meu maior desejo é ver o rio e suas margens limpos o ano todo, livres de lixo e poluição”, disse.

O evento contou também com o patrocínio da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), Águas do Mirante, Elring Klinger, MRV, Piracicaba Ambiental e apoio dos Grupos de Escoteiros e das Secretarias de Ação Cultural e Turismo (Semactur), Trânsito e Transportes (Semuttran), de Obras (Semob), Brigada de Emergência, Guarda Civil Municipal e Semae.

Foto: Sedema Piracicaba.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 16/04/2018|

Córrego do Enxofre passará por processo de limpeza na próxima semana

A Prefeitura de Piracicaba, por meio de uma força-tarefa que vai reunir pelo menos sete secretarias e autarquias, inicia na próxima segunda-feira (16), a limpeza do córrego do Enxofre. Inicialmente a ação irá se concentrar no trecho entre a Rua Arthur Madeira e Avenida Raposo Tavares.

Foto: Felipe Ferreira

De acordo com Odair Melo, secretário executivo da Defesa Civil, serão retirados de dentro do córrego e das suas margens, lixo, entulho, galhos de árvore e pedaços de madeira que obstruem a passagem da água e prejudicam a paisagem. Serão utilizadas na operação uma retroescavadeira, uma escavadeira hidráulica, uma motosserra e três caminhões.

Participam da operação, além da Defesa Civil, o Instituto de Pesquisas e Planejamento (Ipplap), Semae, Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema), Secretaria Municipal de Obras (Semob), Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional (Emdhap), além da empresa Águas do Mirante, responsável pelo sistema de esgotamento sanitário da cidade.

“O entulho e o lixo são transportados pela água e entopem galerias, o que pode causar alagamentos, mau cheiro e poluição visual. É importante destacar que não há necessidade alguma de descartar esses materiais em locais inapropriados, como os córregos e terrenos baldios, já que o município dispõe de coleta seletiva de lixo e também de Ecopontos, que recebem entulho”, enfatiza Melo. Se não chover durante a operação, os trabalhos devem ser concluídos em três dias.

A operação de limpeza de córregos na cidade teve início em fevereiro, com ação no entorno do curso de água que corta a comunidade da Portelinha. Ao final dos trabalhos nesse local foi retirado material suficiente para encher 33 caminhões.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 13/04/2018|

35ª Festa das Nações de Piracicaba é oficialmente lançada

Está lançada oficialmente a 35ª edição da Festa das Nações de Piracicaba. A cerimônia ocorreu ontem (03), no Teatro Erotídes de Campos, no Engenho Central, e foi marcada pela apresentação da identidade visual da festa, dos patrocinadores e das rainhas que representam as 21 instituições participantes.

Foto: Divulgação

O evento teve a participação do prefeito Barjas Negri, da presidente do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), Sandra Bonsi Negri, do vice-prefeito e secretário de Governo e Desenvolvimento Social, José Antonio de Godoy, e demais autoridades, patrocinadores e membros das instituições, além da imprensa.

A Festa das Nações, que acontece de 16 a 20 de maio, no Engenho Central, é realizada pela Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações de Piracicaba), e pela Casa do Bom Menino, com recursos da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, e promovida pela Prefeitura de Piracicaba, por meio do Fussp, com organização da Secretaria Municipal de Governo e Desenvolvimento Econômico.

Ao público foi apresentado um breve histórico da Festa, que teve início em 1983, no Lar Franciscano. Na sequência, o cartaz, desenvolvido pelos publicitários do Centro de Comunicação Social da Prefeitura, Fábio Grecchi, Cristiane Lopes Fernandes e Ana Teresa Inforçato Poppi. A participação dos atiradores do Tiro de Guerra conferiu movimento ao evento, que ganhou a beleza e o brilho das rainhas das instituições com os trajes típicos de cada nação. Na cerimônia elas foram coroadas pelo prefeito Barjas Negri e pela presidente do Fussp, Sandra Negri.

Em seu discurso, Barjas disse que a Festa das Nações é uma realidade graças à energia dos voluntários que a realizam. “Há uma quantidade enorme de pessoas voluntárias, que motivam as pessoas a participarem da organização para oferecer ao público cinco dias de gastronomia, de festa e de alegria, que resultam na oportunidade, para as instituições, de arrecadar uma boa parcela de seu custeio anual. Nós, enquanto homens públicos, voluntários e patrocinadores, precisamos, cada vez mais, divulgar a festa e fazer com que, com chuva ou sem chuva, as pessoas saiam de casa e participem. Em 35 anos de festa, eu, Sandra e Godoy participamos de 10 delas. Apanhamos e aprendemos muito e aperfeiçoamos o trabalho para apresentar, a cada ano, a melhor festa. Podem ter certeza que a 35ª será a melhor de todas”, concluiu.

Sandra Negri, presidente do Fussp, agradeceu a todos os envolvidos na organização do evento e anunciou uma novidade: “Neste ano teremos, em dois dias, uma oficina de música, comandada pelo maestro Jonson Oliveira, que envolverá aproximadamente 1.000 crianças das escolas municipais, no Engenho Central, como contrapartida da Lei Rouanet”, comemorou. “Agradeço a todos e espero que vocês e muito mais pessoas prestigiem a Festa das Nações”, convidou.

Marco Antônio Guidotti, presidente da Fenapi, falou pelas instituições. “Para a maioria das instituições a festa representa a grande fonte de receita que complementa os convênios para custear todos os projetos. Este ano, a Festa das Nações começa a ser gerida por uma diretoria eleita pelas instituições de nossa cidade. A ideia é que elas tenham autonomia e maturidade para organizar a festa. Mas devo confessar que, se não fosse o esforço e apoio da Prefeitura nesses anos todos, nada disso seria realidade”, disse.

Instituições

Este ano, as instituições beneficiadas serão a AUMA (Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Piracicaba), Lions Clube de Piracicaba – Independência, Apaspi (Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba), Grupo Escoteiro São Mario, Associação Síndrome de Down/Espaço Pipa, Escola de Mães Professora Branca Motta de Toledo Sachs, CRAMI (Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância), Creche Marshlea Dawsey, Associação Atlética Educando pelo Esporte, Centro de Reabilitação Piracicaba, Sociedade de Apoio à Vida Dr. Nelson Meirelles, Sociedade Amigos de Vila Rezende, União Espírita de Piracicaba, Centro Social de Assistência e Cultura São José (Cesac), Fundação Jaime Pereira (Funjape), Pastoral da Criança, Serviço de Apoio ao Adolescente com Medida Sócio Educativa (Seame) e Instituto Formar de Aprendizagem Profissional.

Elas representam 14 nações: Brasil – Brasil Nordeste, Brasil Norte, Brasil Sul e Piracicaba –, Alemanha, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Itália, Índia, Nova Zelândia, México, Nações Árabes, Nações Africanas, Portugal e Reino Unido), que comandam 17 restaurantes e 2 quiosques (Brasil Nordeste e Café das Nações), que oferecem pratos e bebidas típicos de suas respectivas nações. O estacionamento será administrado pela Casa do Bom Menino e a bilheteria pela Pasca (Pastoral do Serviço de Caridade).

A 35ª Festa das Nações tem o patrocínio Ouro da Hyundai Motors Brasil; patrocínio Prata da Brahma Extra e Caterpillar Brasil, e Bronze da Ambiental Piracicaba, Arcelor Mittal, CJ do Brasil, Gás Express, Sicredi e OJI Papeis Especiais. O apoio é da Águas do Mirante, Coplacana, Elring Klinger, Raízen, Unimed.

35ª Festa das Nações

De 16 a 20 de maio, no Engenho Central, em Piracicaba.  Avenida Maurice Allain nº 454, Nova Piracicaba.

Por | 04/04/2018|

Grupo prepara ato em defesa de Lula no centro de Piracicaba

Acontece nesta quarta-feira (4), no Terminal Central de Integração (TCI), o ato Lula Livre – Venha defender a democracia. A manifestação tem início às 16h30.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Conforme explica Marina Madeira, do Partido da Causa Operária, que integra o Comitê Popular, o ato tem como objetivo “a discussão do mérito do habeas corpus contra sua prisão”.

“Querem prender o Lula unicamente para tirá-lo da disputa das eleições presidenciais e não permitir que o povo vote nele”, comentou a piracicabana Marina Cecilia Madeira, de 37 anos. “Por isso é que o ato também chama a atenção para a questão da democracia”.

José Antônio Fernandes Paiva, presidente do Sindicato dos Bancários e Região, que também integra o Comitê Popular, comentou que a escolha do terminal é por conta da representação que o local tem de trabalho. “Optamos pelo terminal, porque é um lugar em que passam muitos trabalhadores. Quase todas as linhas que cortam a cidade passam pelo TCI e aí teremos a oportunidade de dialogar com pelo menos 10 mil pessoas”.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 03/04/2018|

Prefeitura de Piracicaba receberá R$ 3,5 milhões para investir na saúde

Recursos serão utilizados na construção de quatro novas unidades de saúde

Foto: Romualdo Cruz/CCS

O prefeito Barjas Negri assina hoje, 27/03, contratos com a Caixa Econômica Federal que garantem o repasse de aproximadamente R$ 3,5 milhões do governo federal, destinados à construção de quatro unidades de saúde. O montante é fruto de emendas parlamentares e recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS), especificamente para a melhoria da rede pública.

Além do prefeito Barjas Negri, participaram da assinatura a superintendente regional da Caixa, Cecília Helena Bomfim; Evandro Nobre Cruz, gerente regional, e Márcio Capato, gerente de Filial de Governo. Assinaram como testemunhas os secretários municipais Pedro Mello (Saúde) e Vlamir Schiavuzzo (Obras).

Os projetos de lei que autorizam o poder Executivo a receber os recursos federais já foram encaminhados à Câmara de Vereadores para apreciação e votação. O próximo passo, envolvendo a Caixa e a Prefeitura, é a finalização das contratações, para autorização de início das licitações.

Para Barjas Negri, em um período de crise financeira dos municípios, esses novos recursos chegam em boa hora e servirão para ajustar a rede pública de Saúde à nova realidade, quando há o aumento da demanda por serviços, enquanto a receita do setor público segue caminho inverso. “Esses recursos são conquistas importantes em um cenário que exige maior rigor para mantermos um bom serviço à população”, disse o prefeito.

De acordo com o secretário de Saúde, Pedro Mello, as novas obras permitirão ampliar a estrutura de atendimento à população, com prédios próprios. Isso proporcionará um serviço de melhor qualidade aos usuários e um ambiente mais bem organizado para o trabalho da equipe médica e de enfermagem.

“O prédio alugado nem sempre é adequado às necessidades, o que prejudica o atendimento à população e o serviço dos servidores da Saúde. Já as novas construções seguirão o padrão SUS (Sistema Único de Saúde), com salas pensadas para cada finalidade, oferecendo conforto e comodidade à rede de Atenção Básica e especializada, para o bem-estar de todos”, disse Pedro Mello. Os recursos para a unidade do Santa Rita foram articulados pelos senadores José Serra e José Anibal.

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 27/03/2018|

29ª Paixão de Cristo de Piracicaba estreia com sucesso

As apresentações tiveram início ontem (25) e seguirão até o domingo de Páscoa

Foto: Paulo Ricardo Santos

Oficialmente aberta na noite de ontem (25), com uma estreia emocionante, a 29ª edição da Paixão de Cristo de Piracicaba segue com apresentações todas as noites até domingo de Páscoa, dia 1ª de abril, sempre às 20 horas, no Engenho Central. Na Sexta-feira Santa, dia 30, ocorrerá uma sessão extras, às 17 horas.

Junto com cenas inéditas, um dos destaques da encenação deste ano são os sistemas de acessibilidade criados para integrar o público ao espetáculo como a áudio-descrição e a participação de uma interprete de libras, além das rampas de acesso a arquibancada para cadeirantes e idosos, que possuem espaço reservado.

“Pela primeira vez, estamos disponibilizando equipamentos que permitem aos deficientes auditivos e visuais assistirem integralmente ao espetáculo. Isso é possível com o suporte de equipamento específicos e profissionais especializados”, explica Harlei Mariano Souza Junior, presidente da Associação Cultural e Teatral Guarantã.

O diretor comenta que a inclusão social faz parte do DNA da encenação. “Nosso elenco conta com cinco pessoas com deficiência. É muito gratificante proporcionar essa oportunidade, colocando em prática, literalmente, os ensinamentos de Jesus, um dos objetivos principais da Paixão de Cristo”.

As sessões com acessibilidade terão dias específicos. Haverá mais uma apresentação com áudio-descrição na noite de hoje, dia 26 de março. Já as sessões com intérpretes de libras serão realizadas nas noites de 26, 27 e 30 de março, sempre às 20 horas.

Realizada pela Associação Cultural e Teatral Guarantã, há 29 anos consecutivos, o espetáculo teatral centrada na epopeia bíblica narra os últimos dias de Jesus Cristo na Terra em duas horas de duração. A encenação que possui 40 atos acontece no Engenho Central, antiga usina de açúcar, localizada às margens do rio Piracicaba, no interior de São Paulo.

Contando com a participação de voluntários, entre figurantes, artistas e técnicos, esta é uma das maiores montagens cênicas do país e a maior de todo centro sul do Brasil. A direção artística é de Viviane Palandi e conta com a assistência de Carlos ABC.

O espetáculo

Lembrando uma verdadeira cidade cenográfica e tudo a céu aberto, a montagem acontece num espaço de oito mil metros quadrados e a história transcorre em cenas simultâneas, encenadas para permitir ao público uma completa visibilidade de todos os palcos que compõe toda a estrutura, onde se desenvolvem as 40 cenas.

Acomodado em uma arquibancada com capacidade para mais de 2.500 pessoas, no decorrer da apresentação o espectador sente-se envolvido pelo clima do espetáculo, num realismo obtido graças aos inúmeros efeitos cênicos e técnicos. A dramaticidade da trilha sonora, juntamente com os recursos utilizados, tais como carruagens, bigas, soldados e artistas circenses, remete o espectador à própria época.

Ingressos

O valor dos ingressos para o espetáculo Paixão de Cristo de Piracicaba 2018 ficou estabelecido da seguinte forma:

Dias 26, 27 e 28 de março e 1ª de abril
arquibancada = R$ 10,00
cadeira individual = R$ 30,00

Dia 29 (quinta-feira)
arquibancada = R$ 20,00
cadeira individual = R$ 40,00

Dia 30 (sexta-feira) – sessão das 17h
arquibancada = R$ 15,00
cadeira individual = R$ 30,00

Dia 30 (sexta-feira) – sessão das 20h
arquibancada = R$ 30,00
cadeira individual = R$ 50,00

Dia 31 (sábado)
arquibancada = R$ 20,00
cadeira individual = R$ 40,00

Estacionamento com seguro

Carro
R$ 15,00 dias 26,27 e 28 de março e 1ª de abril
R$ 20,00 dias 29, 30 e 31 de março

Moto
R$ 10,00 todos os dias

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região, então clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 26/03/2018|

Shopping Piracicaba tem programação especial para a Páscoa

Na Sexta-feira Santa (30), o Shopping Piracicaba funcionará com horário especial: as lojas abrem das 12h às 20 horas, e as áreas de alimentação e lazer, das 11h às 22 horas.

Foto: Assessoria de imprensa.

No sábado (31), o funcionamento é normal e as crianças podem se divertir com a programação especial na Floresta Encantada. Das 15h às 18 horas, uma oficina de pintura facial de coelhinho recebe os pequenos no espaço infantil, que também será ponto de partida para duas edições de caça aos ovos, às 16h e 18 horas.

A brincadeira será organizada por personagens da Cia Encanto: Vaquinha e Porquinho ajudam a Galinha, que ouviu sobre outro animal que bota ovos e resolveu procurar pelo coelhinho.

A busca passará pelas lojas Ri Happy, Maria Gabriela, Cacau Show e Kids Park Play, coletando pistas e termina com a distribuição de chocolates e materiais de atividades do mascote Juba na Páscoa para as crianças participantes.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região, então clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 26/03/2018|

Orquestra Sinfônica de Piracicaba começa temporada 2018 neste sábado

Neste sábado (24), a Orquestra Sinfônica de Piracicaba completa 118 anos de trajetória artística com a estreia da Temporada 2018, sob a batuta do maestro Jamil Maluf. As apresentações acontecem às 17h30 e às 20h, no Teatro Municipal Erotídes de Campos, o Teatro do Engenho. O patrocínio é da Raízen, Hyundai e Oji Papéis Especiais, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. Para este ano, estão confirmadas participações de solistas e maestros consagrados no Brasil e no exterior. A entrada é gratuita.

Foto: Divulgação

A Sinfonia nº 6, Patética, é o grande destaque da estreia. Considerada a peça mais emblemática da carreira do russo Tchaikovsky, é também a sua última sinfonia, apresentada nove dias antes de sua morte. “Com essa obra, o compositor quebrou com os conceitos comuns de uma sinfonia. Ao contrário do sugere o título, a palavra Patética vem do grego ‘pathos’, ou seja, carregada de emoções e de sentimentos”, explica o maestro Jamil Maluf, diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica de Piracicaba.

A intenção do maestro é que a cada temporada o público seja prestigiado com uma obra de Tchaikovsky, um dos mais importantes compositores românticos de seu tempo. Tanto é que, em 2017 e 2016, as estreias dos concertos contaram com as Sinfonias nºs 4 e 5, respectivamente, e, em 2015, foi apresentada a Sinfonia nº 2 (Pequena Russa).

O programa de estreia traz também a Abertura da ópera Nabucco, de Giuseppe Verdi, conhecida do grande público por conter o famoso coro “Va, Pensiero”, e que tornou-se símbolo do nacionalismo italiano.

Em 2018, as peças selecionadas destacam importantes obras sinfônicas, de diferentes períodos. Entre elas estão a Sinfonia nº 1 (Primavera), de Schumann; a Sinfonia nº 9, de Shostakovich; a Sinfonia nº 3 (Pastoral), de Ralph Vaughan Williams; a Sinfonia nº 1, de R.Glière; e a Sinfonia nº 1, de Carl Nielsen.

Para este ano, houve mudança nos horários das apresentações: às 17h30 acontece a palestra O Meu Concerto de Hoje, que antecede o ensaio geral da Orquestra Sinfônica de Piracicaba, novamente aberto ao público. O concerto oficial acontece às 20h. A distribuição de ingressos permanece de forma antecipada, nas quartas, quintas e sextas-feiras, das 15h às 18h.

Nomes confirmados

Entre os solistas confirmados para a Temporada 2018 está o violinista norte-americano William Hagen, de 25 anos, vencedor do Queen Elisabeth Competition, um dos concursos mais desafiadores e de prestígio para instrumentistas. Também da safra de revelações está o violoncelista Luiz Fernando Venturelli, o brasileiro mais jovem a se apresentar no Carnegie Hall, em Nova York.

Ao piano, estão garantidas a participação dos solistas André Mehmari, um dos mais completos e talentosos músicos em atividade no Brasil, e Marcelo Bratke, que já fez concertos em salas em Nova Iorque, Tóquio e Áustria.

A Temporada 2018 conta ainda com a participação de Elisa Fukuda, mestra do violino que formou uma geração de profissionais de sucesso e integrou o corpo docente da Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle) na década de 80.

Além disso, a Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP) recebe o tenor Jean William, que se apresentou para o papa Francisco em sua visita ao Brasil e frequentou os mais renomados palcos internacionais, entre eles o Avery Fisher Hall e o Lincoln Center, ao lado do maestro João Carlos Martins.

Dos maestros convidados, dois nomes já estiveram nas temporadas anteriores da Orquestra Sinfônica de Piracicaba: Thiago Tavares, regente assistente da Orquestra Experimental de Repertório, e Erica Hindrikson, regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal e professora da Escola Municipal de Música, ambas do Theatro Municipal de São Paulo. Há, ainda, Edilson Ventureli, regente titular da Orquestra Juvenil Heliópolis e regente adjunto da Orquestra Sinfônica Heliópolis.

Reconhecida por leis municipal e estadual como entidade de utilidade pública, a OSP se mantém a partir de subvenção pública, proveniente da SemacTur (Secretaria da Ação Cultural e Turismo) e da iniciativa privada, via leis federal e estadual de incentivo. A Temporada tem o copatrocínio do Occitano Apart Hotel, o apoio institucional da Empem, Oscip Pira 21 e Cultura Artística, e apoio de mídia da Rádio Educativa FM, Revista Arraso e Jornal de Piracicaba.

A OSP mantém para este ano suas ações pedagógicas destinadas às crianças da rede pública, com recursos da Secretaria Municipal de Educação. Trata-se do projeto ABC do Dó, Ré, Mi, em que estudantes visitam o Teatro do Engenho para um “showcerto” educativo e descontraído, e o Música nas Escolas, em que quartetos percorrem as escolas para demonstrar, na prática, como funciona a música erudita.

Em 2018 está prevista também a consolidação do projeto Pequena Grande Orquestra, que proporcionará inclusões social e cultural às crianças e adolescentes das regiões de alta vulnerabilidade social de Piracicaba, por meio de aulas individuais e coletivas de instrumentos de cordas friccionadas.

Orquestra Sinfônica de Piracicaba

Sábado, 24 de março de 2018
Às 17h30 e às 20h, no Teatro Municipal Erotídes de Campos
Avenida Doutor Maurice Allain, Parque do Engenho Central
Entrada gratuita.

Demais apresentações da temporada

28 de abril
M.Glinka, Abertura da ópera Russlan e Ludmilla
S.Prokofiev, Concerto nº 1, para piano e orquestra, op.10
R.Schumann, Sinfonia nº 1, op.38 (Primavera)
Marcelo Bratke, solista
Thiago Tavares, regente convidado

26 de maio
D.Shostakovich, Sinfonia nº9, op.70
E.Gismonti, Loro
A.Mehmari, Choro Chorado
E.Gismonti e H.Paschoal, Frevo Bebe
André Mehmari, participação especial como compositor, arranjador e solista
Jamil Maluf, regente

30 de junho
W.A.Mozart, Concerto nº 5, para violino e orquestra
Felix Mendelssohn, 5 trechos orquestrais do “Sonho de uma Noite de Verão”
Elisa Fukuda, solista
Erica Hindrikson, regente convidada

28 de julho
W.A.Mozart, 4 árias de óperas para tenor
R.Vaughan Williams, Sinfonia nº 3 (Pastoral)
Jean William, solista
Jamil Maluf, regente

1º de setembro
R.Glière, Sinfonia nº 1, op.8
Luiz Fernando Ventureli, solista
Edilson Ventureli, regente convidado

29 de setembro
C.Nielsen, Sinfonia nº 1, op.7
A.Dvorák, Concerto para violino e orquestra, op.53
William Hagen, solista
Jamil Maluf, regente

Por | 23/03/2018|

Índice de Confiança do Consumidor Piracicabano cai 19,9% neste mês

O recuo foi de 19,9% em relação a fevereiro e de 13,9% na comparação com março/17

Foto: Arquivo

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), apurado mensalmente pelo Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba (Sincomércio Piracicaba), caiu com força em março, tanto na comparação com fevereiro (19,9%), quanto com o mesmo mês do ano passado (13,9%). O recuo vem depois de duas altas mensais consecutivas, deixando o Índice em 105,2.

Apesar da queda, o ICC, acima dos 100 pontos, ainda reflete otimismo do consumidor piracicabano. A pontuação varia de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total).

De acordo com a assessoria econômica da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), a queda no ICC de março já é esperada. Isso porque em janeiro e fevereiro, a confiança ainda sofre os impactos positivos do pagamento do 13º salário e do reajuste do salário mínimo. “Com o esgotamento desses recursos aliado ao pagamento das despesas de início de ano como IPTU, IPVA e material escolar, é natural que o ocorra um ajuste em março”, explica o presidente do Sincomércio Piracicaba, Itacir Nozella.

O Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) apresentou o maior recuo, de 22,3%, ao passar de 101,8 pontos em fevereiro para 79,1 em março. Já em relação a março/17, houve crescimento de 4,5%. O Índice de Expectativas do Consumidor (IEC), baixou 18,9%, no mês e 20% em 12 meses, somando 122,6 pontos.

O ICC é apurado mensalmente pelo Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba (Sincomércio Piracicaba) desde fevereiro de 2017. Os dados são coletados com 601 consumidores no município. O objetivo é identificar o sentimento dos consumidores levando em conta suas condições econômicas atuais e suas expectativas quanto à situação econômica futura.

Sobre o Sincomércio Piracicaba

O Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba e Região é o órgão representativo dos empresários do setor do comércio varejista e de serviços de sete cidades – Piracicaba, Águas de São Pedro, Charqueada, Saltinho, São Pedro, Tietê e Torrinha.

Fundado em 1942, possui hoje 8 mil contribuintes e é filiado à FecomercioSP, Entidade que administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (SESC) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 22/03/2018|

Ensaios noturnos antecedem estreia da 29ª Paixão de Cristo de Piracicaba

Atividades acontecem de quinta-feira a sábado; já as apresentações começam no próximo domingo, dia 25

Foto: Paulo Ricardo Santos

Nesta semana, nas noites de quinta-feira, sexta-feira e sábado (dias 22, 23 e 24), a Associação Cultural e Teatral Guarantã intensifica os preparativos para a temporada 2018 da Paixão de Cristo de Piracicaba, visando a estreia do espetáculo que acontece no domingo, dia 25.

Com o elenco completo, durante os ensaios desta semana serão passadas todas as cenas, em sequência, onde também será testada toda a parte técnica da montagem, como os efeitos de luz e som. Os cavalos já estarão presentes, bem como toda a estrutura definitiva a ser usada no espetáculo.

As atividades começam a partir das 19 horas e seguem até às 22 horas, no Engenho Central, mesmo local das apresentações. Como tradicionalmente acontece, a encenação começa no próximo domingo e segue ininterruptamente durante toda a Semana Santa, ou seja, até o domingo de Páscoa (1ª de abril).

As apresentações ocorrem todas as noites, sempre às 20 horas. Uma das novidades desta edição é que na Sexta-Feira Santa (30 de março) haverá sessão extra, com duas apresentações no mesmo dia, que acontecerão às 17h e às 20h.

Paixão de Cristo de Piracicaba

Considerada uma das maiores montagens cênicas do país, a Paixão de Cristo de Piracicaba é apresentada ininterruptamente há 29 anos (durante a Semana Santa, entre os domingos de Ramos e de Páscoa), que neste ano ocorre entre os dias 25 de março e 1ª de abril.

Viviane Palandi é a responsável pela direção do espetáculo.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 21/03/2018|

Festa das Nações de Piracicaba já está nos preparativos finais

Ensaios para o lançamento do evento aconteceram no Teatro do Engenho

Foto: Mauricio Ribeiro.

Na reta final de preparativos para a noite de lançamento da 35ª Festa das Nações, as Rainhas das diferentes barracas e os respectivos soldados do Tiro de Guerra de Piracicaba, que figuram como seus Guardiões, estiveram no Teatro Erotídes de Campos, no Engenho Central, para mais uma noite de ensaios e preparativos.

Coordenados pela coreógrafa Mari Casaque e acompanhados de perto pelos membros da Comissão de Rainhas, o séquito real foi prestigiado com a visita da primeira dama do município, e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba, Sandra Negri. Nas palavras dela, que preside o FUSSP pelo segundo ano desta nova gestão, as meninas e os rapazes representam o espírito de alegria e celebração da Festa, e vê-los dedicando-se e trabalhando voluntariamente em prol de embelezar ainda mais o evento é uma grande satisfação. “Eles são a vida da Festa, e a exemplo dos que atuaram nas edições anteriores, eles se destacam pelo espírito altruísta e vontade de ajudar”, disse Sandra.

Além de se apresentarem no palco no dia do lançamento e em cada noite da Festa, Rainhas e Guardiões estão empenhados na arrecadação de fraldas em prol do FUSSP e, a partir desta semana, entram em cena auxiliando as entidades na venda da rifa do tradicional HB20 doado pela Hyundai.

Além dos 36 jovens, 18 moças e 18 rapazes, o trabalho é acompanhado por mais três representantes do Tiro de Guerra, responsáveis pela guarda das bandeiras do Brasil, São Paulo e Piracicaba; e também por assessorar a Comissão de Rainhas, composta por Aritana Pereira (FUNJAPE), Ilma Spadotti (CESAC), Laudicéia (AUMA), Maria Inês (Lions Independência) e Mauricio Ribeiro (Instituto Formar); além de Célia Orlandin, que dá total suporte ao trabalho da Comissão por meio do FUSSP.

Festa das Nações

O lançamento da 35ª Festa das Nações de Piracicaba acontece na terça, dia 3 de abril, no Teatro do Engenho.

Já a festa acontecerá dos dias 16 a 20 de maio, também no Engenho Central. Além destas datas, Rainhas e Guardiões cumprem ainda uma extensa agenda de compromissos oficiais, divulgando o evento e prospectando o trabalho das entidades.

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece em Piracicaba e região em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 20/03/2018|

“Paixão de Cristo 2018” terá acessibilidade para deficientes auditivos e visuais

Espetáculo terá áudio-descrição para deficientes visuais e tradução para libras

Foto: Divulgação

Pela primeira vez em seus quase 30 anos de apresentações, a temporada 2018 do espetáculo “Paixão de Cristo de Piracicaba” terá acessibilidade para deficientes auditivos e visuais. Realizada pela Associação Cultural e Teatral Guarantã, as encenações acontecerão entre os dias 25 de março e 1ª de abril, mas as sessões especiais terão dias específicos.

As duas apresentações com áudio-descrição acontecerão nas noites dos dias 25 e 26 de março, com um narrador instalado em uma cabine com isolamento acústico. Já as quatro sessões com intérpretes de libras serão realizadas dias 25, 26, 27 e 30 de março, sempre às 20 horas.

“Em quatro das oito apresentações, o espetáculo será integralmente interpretado em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) voltada para os deficientes auditivos. Já para os deficientes visuais, serão distribuídos fones de ouvido com receptores, para que possam acompanhar a narrativa por meio de um profissional instalado em uma central de áudio”, explicou Harlei Mariano Souza Junior, presidente voluntário da Associação Guarantã.

Centrada na epopeia bíblica, a “Paixão de Cristo de Piracicaba” está em sua vigésima nona edição consecutiva. Narrando os últimos dias de Jesus Cristo na Terra, a apresentação teatral é encenada durante a Semana Santa no Engenho Central, localizados às margens do rio que dá nome a cidade, no interior de São Paulo.

Foto: Paulo Ricardo Santos

Acompanhe o Piranot

Quer saber o que acontece na cidade em tempo real? Então, clique aqui e baixe o nosso aplicativo para celular, nós te manteremos informado.

Por | 20/03/2018|
Carregar mais conteúdo