Saiba como funciona a ‘desaposentação’ e aumente sua aposentadoria

Publicado no dia 08/12/2017 às 00:45Por: Redação - PIRANOT / PORJUCA

A desaposentação é a possibilidade do trabalhador, depois de aposentar, voltar a trabalhar e pleitear o recálculo para se aposentar de novo, com um benefício maior, que inclui as novas contribuições do último período de trabalho.

Separamos algumas perguntas e respostas sobre o tema. Este artigo é uma parceria do PIRANOT / PORJUCA com a CONCEDE, empresa especializada em benefícios do INSS.

O que é desaposentação?

É a renúncia [momentânea – à aposentadoria a que já se tem direito] para pedir uma nova aposentadoria e receber um valor maior – obtido através do recalculo das contribuições a INSS realizadas após a aposentadoria.

Desaposentação é diferente de Recálculo da Renda Mensal Inicial?

Sim, são ações e pedidos diversos, que não devem ser confundidos, sem considerar que, administrativamente, a revisão de cálculo do benefício previdenciário pode ser feita sem o crivo do Judiciário.

Prazo para ingressar com a Ação de Desaposentação?

Todos os segurados que se aposentaram a partir de 1994 (ano em que o benefício de pecúlio foi extinto), podem pleitear na justiça o pedido de desaposentação, desde que tenham continuado a contribuir depois de aposentado.

Como fazer o processo?

Em Piracicaba, Rio Claro e Sumaré existe escritórios da CONCEDE. Toda a situação do interessado é analisada e a equipe da empresa orienta e auxilia em como proceder.

É importante fazer este processo com profissionais sérios e que tem anos de experiência.

Agende uma consulta pelo telefone 19 3422-0018 em Piracicaba. Diga que leu esta notícia aqui no PIRANOT.

Confira os endereços dos escritórios da CONCEDE:

 

PIRACICABA:

Rua Governador Pedro de Toledo, número 632, centro.

(19) 3322-0018

RIO CLARO:

Avenida Três, número 245, centro. Sala 12 do Edifício Columbia.

(19) 3597-7200

SUMARÉ:

Rua João Francisco Ramos, número 331, centro.

(19) 3396-4950

Para consultas em outras localidades envie um e-mail para [email protected]

Você também pode acessar o site: http://www.concede.com.br/

Qual sua opinião? Comente!