Reitor da Unimep é demitido após contrariar superiores

Publicado no dia 12/08/2017 às 09:59Por: Redação - PiraNOT.com

Foto: Arquivo/Unimep

Após mandar religar o sistema antigo, em operação há mais de 25 anos e que estava sendo substituído, o reitor da Unimep Marcio de Moraes acabou demitido. Ele estava no cargo há 10 meses e teria tomado a atitude sem consultar a Igreja Metodista e nem o IEP (Instituto Educacional Piracicabano).

A ordem partiu logo após o início da greve de professores e funcionários quando alunos reclamavam de falhas do novo sistema que não estava efetivando matrículas e gerando boletos sem descontos, conforme vem noticiando o PIRANOT.

Em nota, a Adunimep (Associação de Docentes) e o Sinpro (Sindicato dos Professores) repudiaram a ação e classificaram a demissão como mais um ato de intervenção e de rompimento com a autonomia da universidade.

Em nota, o IEP agradeceu os trabalhos de Marcio de Moraes e comunicou a comunidade acadêmica sobre a mudança. O professor Fábio Josgrilberg, que atualmente é diretor nacional de educação da Rede Metodista, foi nomeado reitor interino.

Os professores da Unimep estão em greve desde terça-feira, questionando, entre outros pontos, a autonomia universitária diante das medidas intervencionistas da Rede Metodista. Os estudantes ocupam a reitoria há uma semana. Não há data e nem previsão para o fim dessa crise.

Qual sua opinião? Comente!