PIRANOT lança serviço de alerta de notícias pelo celular; saiba como ativar

Publicado no dia 26/06/2017 às 00:07Por: Redação - PIRANOT / PORJUCA

Aprenda através de um passo a passo como ativar gratuitamente o serviço

Foto: Reprodução

Inovar sempre! Esse é o foco do PIRANOT que completará em novembro seis anos. Para comemorar, diversas novidades vem sendo estudadas e uma delas começou a ser implantada neste final de semana. É as notificações de novas notícias.

Funciona assim: O leitor do PIRANOT será notificado com um alerta no celular ou no computador quando nós publicarmos alguma coisa nova e importante. Acreditamos que vamos enviar uma média de cinco a 10 mensagens por dia. “É uma forma das pessoas não perder nada e ficar sempre conectadas conosco. O que ocorre é que hoje o Facebook limita e derruba o alcance das nossas notícias. Por isso estamos criando métodos de conversar com o público sem interferência de terceiros”, contou o editor-chefe Júnior Cardoso.

Durante o período de teste, 200 pessoas se cadastraram para receber os alertas. A expectativa é de que em um ano mais de 20 mil tenham o serviço. Esse número representa 10% da quantidade de seguidores do portal pelas redes sociais.

É importante ressaltar que o envio de mensagens pelo WhatsApp, através do número 19971172230, continuará. Neste caso o interessado deve enviar “Quero receber” para este número. Ambos os serviços são gratuítos.

Para ativar as notificações siga as instruções:

01 – Abra o navegador Google Chrome
02 – Acesse o nosso site pelo endereço http://www.piranot.com.br
03 – Uma mensagem avisando que o site “PIRANOT” quer enviar a você notificações será aberta
04 – Aceite esta mensagem e, a partir dai é só aguardar
05 – Caso a mensagem não apareça, clique no sino que vai carregar do lado direito da tela
06 – Caso você não tenha o Google Chrome instale ele pelo endereço: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.android.chrome

“Pedimos a ajuda de todos os nossos leitores para espalhar essa novidade e ajudar os amigos, vizinhos e parentes a ativar o serviço”, encerrou Cardoso.

Qual sua opinião? Comente!